Guia Salto Agulha – Onde aprender a costurar em Natal

Posted on
escolas de corte e costura em Natal RN

Dias atrás eu fiz um post listando vários lugares para aprender a costurar em São Paulo. Aí algumas leitoras começaram a me perguntar sobre cursos de corte e costura em Natal. Lembrei que quando eu morava na Cidade do Sol também vivia procurando cursos nessa área e era bem difícil encontrar.

Fiz uma pesquisa para atender as amigas potiguares e a boa notícia é que hoje Natal tem algumas ótimas opções de curso! Se você quer aprender a pilotar uma máquina de costura e fazer suas próprias roupas, cola aqui que é sucesso 😉

curso de costura SENAI Natal RN

Eu fui aluna do SENAI Clóvis Motta e amei! O curso que fiz lá foi o Técnico em Confecção do Vestuário (eu acho que o nome era esse, faz tanto tempo que esqueci o nome do curso! rs). Era um curso super completo, para quem quer ser estilista ou trabalhar em qualquer área da indústria têxtil – e fui super importante para me ajudar a escrever sobre moda com mais embasamento. Depois disso dei algumas lá, sobre moda e comunicação, antes de mudar pra São Paulo. Gosto muito da instituição e acho que os cursos são muito bons!

A novidade é que agora o SENAI Clóvis Motta tem um curso de costura básico, de curta duração, para quem quer dar os primeiros passos na área. O módulo é de 1 mês, com aulas todos os dias ou 3x por semana (você escolhe). O pacote custa R$ 170,00 e tem turma nova começando nos dias 12/06 (aulas 3x por semana à tarde) e no dia 26/06 (aulas todos os dias de manhã).

Se você pagar à vista tem desconto e ligando pra lá você tem mais informações sobre horários e turmas para começar nos próximos meses. Fica na Av. Prudente de Morais, 1571 – Tirol.

curso de costura sesc rn

O SESC RN também oferece cursos de costura para quem não tem experiência na área. Os cursos são de curta duração e as datas variam de acordo com a demanda. Eles esperam fechar as turmas para começar cada curso. O legal é que tem cursos temáticos como “moda junina” e “cama, mesa & banho”.

Aqui tem a tabela de todos os cursos e você pode entrar em contato por telefone para se inscrever. Os valores são diferentes para associados e para o público em geral. No site ou por telefone você pode ter mais informações e se preparar para as próximas turmas.

cia das arte natal corte e costura

A Cia Das Artes Natal é o local que tem o curso mais parecido com os de costura hobby que tem aqui em São Paulo. Pelo menos foi a impressão que me passou… Eles têm uma loja que vende produtos para costura, craft e trabalhos manuais em geral. Aí também oferecem aula de bordado, costura, patchwork, pintura e mais um monte de coisas!

Na página deles no Facebook tem a agenda de cursos do mês, com muuuuita coisa. O curso de costura para iniciantes dura 4 semanas. São 4 aulas de 3h30, 1x por semana. O bacana é que eles vendem tecidos, acessórios e todas as coisas legais que você vai querer ter quando começar a costurar, então você vai aprender dentro de um ambiente já super inspirador rs

O endereço é Av Hermes da Fonseca, 1596.

corte e costura em natal RN

Uma opção de curso de corte e costura bem completo é a Malba Escola de Corte e Costura em Mirassol. Como as outras escolas, ela ensina a costurar do zero, para quem nunca ligou uma máquina. Mas como são 4 meses de curso, dá pra aprender bastante coisa e você sai de lá costurando de tudo!

As turmas são pequenas, com no máximo 4 pessoas. Tem aulas 2x por semana, com 3 horas de duração cada. Os horários são das 9h ao meio dia ou das 13h às 16h. Como as datas são variáveis, a melhor maneira de saber quando tem turma nova começando é ligar pra lá.

Fica na Av Santos Dummont, 445, em frente à igreja católica.

corte centezimal natal

Por último, uma escola que me deixou bastante curiosa! Na minha pesquisa recente sobre escolas de costura em Natal, algumas pessoas me falaram dessa mulher que dá aula de corte, modelagem e costura com uma técnica chamada corte centesimal.

Liguei pra ela pra saber mais e fique super interessada! Pelo que entendi, é um jeito diferente de tirar moldes, que torna tudo mais prático e preciso. A professora autorizada do método em Natal é a Roza Maria Pottier. O curso é extenso, vai de fevereiro a dezembro, com aulas 2x por semana, sempre à tarde.  A mensalidade custa R$ 180,00.

Pelo que a Roza me falou, a turma lota com facilidade porque só abre 1x ao ano. Então se você se interessar é bom já ligar pra ela pra reservar sua vaga. Eu vou procurar um curso desse aqui em SP porque perguntei ao Google e ele disse que esse negócio de centesimal é babado! rs

 

 

—————————————————————————————————————————-

 

Pronto, gente! Espero que esse mini guia seja útil pra vocês! ♥ 

Se souberem de mais algum curso, me avisem nos comentários que eu incluo na postagem 🙂 E espalhem pra todo mundo! Vamos aumentar esse movimento lindo de fazer as nossas próprias roupas!

Para acompanhar tudo do blog:
Facebook ♥ Pinterest ♥ Instagram Youtube 

 

 

0
  • Compartilhe  →

Vídeo – Um café em São Paulo para quem ama o universo craft!

Posted on
novelaria knit café

Costura, bordado, faça você mesmo, trabalhos manuais, tricô, crochê… Já deu pra perceber que estou nessa vibe, ne? Eu sempre quis aprender a fazer as minhas roupas/acessórios, mas só de alguns anos pra cá comecei a me aventurar de verdade neste universo.

É inegável que o DIY é uma macrotendência no mundo e, graças a isso, cresce a cada dia o número de cursos, lojas e espaços que incentivam as pessoas a colocarem a mão na massa – ou nas linhas! Um deles é a Novelaria Knit Café, uma mistura de café, armarinho e escola, cheio de linhas, kits de bordado e uma decoração fofíssima.

Foi um dos primeiros lugares pelos quais me apaixonei em São Paulo – e até ilustrou o primeiro texto que escrevi quando mudei pra cá (ainda em 2013).

Não vou falar muito pra não estragar a surpresa do vídeo. Vejam e se apaixonem também! 🙂

 

 

Para acompanhar tudo do blog:
Facebook ♥ Pinterest ♥ Instagram Youtube 

0
  • Compartilhe  →

Guia Salto Agulha: Onde aprender a costurar em São Paulo

Posted on
cursos de costura em sao paulo

Vocês devem ter visto no meu Instagram que eu estou amando cada vez mais o mundo da costura, né? (Se você só lê o blog e não me segue ainda no insta, não perca essa grande oportunidade de ver fotos banais com filtros randômicos —> @saltoagulhablog )

Fiz o meu primeiro curso de costura exatamente 1 ano atrás. Antes disso eu não sabia nem passar a linha na máquina. Depois do curso, passei uns meses sem praticar e acabei esquecendo (quase) tudo. Até comprar a minha máquina de costura, não pratiquei mais. Depois, já com a máquina em casa, fui tentar costurar de novo e foi um desastre.  Percebi que a prática diária seria  a única maneira de me fazer aprender de verdade e destravar (dãããã! Como se tudo na vida não fosse assim, né? 😛 )

Então voltei a fazer cursos e procurar mais aulas interessantes no universo da costura, até que encontrei uma professora particular que vem me ensinar em casa e foi o que melhor funcionou pra mim. As aulas são livres, eu posso criar com ela o projeto que quiser, e estou amando.

Mas minha busca rendeu uma lista considerável de lugares para aprender corte e costura em São Paulo. E como algumas pessoas já me perguntaram sobre isso, resolvi juntar tudo num post!

rainhas da costura Vou começar pelo Rainhas da Costura porque é o lugar onde fiz meu primeiro curso de costura. O módulo iniciante tem 8 aulas e dura 2 meses. As aulas são 1 vez por semana, com 2 horas de duração. Achei o curso bem legal para quem não sabe nada de costura – a gente aprende tudo do zero MESMO.

Cada aula tem um projetinho e a gente sai com uma peça pronta, feita por nós. Eu fiz cestinho, capa de almofada, jogo americano, necessaire, carteira e outras coisas que vocês podem ver no post que linkei no parágrafo anterior.

Paguei no ano passado cerca de 900 Golpinhos pelo curso, dividido em 2x. Não sei dizer se ainda está o mesmo valor. Sempre tem turmas começando, nos turnos da manhã, tarde e noite – e também no intensivo aos sábado.

Fica na rua Cardeal Arcoverde, 1668, Pinheiros. O telefone é (11) 3063.5956

francine lacerda aulas de costura Paquero os cursos da Francine Lacerda há algum tempo mas ainda não rolou de fazer. Ela tem cursos para iniciantes, para quem já costura e uns cursos de fim de semana para fazer peças específicas. Esses são os que eu estou de olho! Você paga um valor e aprende a fazer um vestido, por exemplo. Aí você sai de lá com a peça pronta, nas suas medidas, e moldes de outros tamanhos. Acho a proposta super mara!

Se você nunca costurou, o curso para iniciantes da Francine tem seis aulas, com 3 horas de duração cada, e custa 580 Golpinhos. Inclui tecidos teste, papel craft e chá à vontade (amei esse detalhe que vi no site hehehe)

Me parece ser um ambiente super legal para aprender!

Fica a 500m do Metrô Vila Madalena e não achei telefone no site.

atelier co.sturando coworking de costura O Atelier Co.sturando é um espaço que não conheço pessoalmente mas já amo! (Como pode? Pela maravilha que é a internet! Acompanho à distância e planejo uma visita com câmera em punho pra mostra tudo pra vocês!).

O lugar é o primeiro coworking de costura que eu ouvi falar aqui em SP e a proposta é ser um espaço colaborativo para costura, bordado, tricô e craft em geral. Oferece máquinas de costura, mesas de corte e outras ferramentas que você pode alugar por hora. É claro que também tem cursos – de bordado, tricô, feltragem, um monte de coisa massa e, claro, costura! O mais legal? Acabou de mudar para pertinho aqui de casa 🙂

Além dos cursos fechados sempre tem uma tarde livre na semana para você ir tirar dúvidas, levar um projeto de costura que não está conseguindo finalizar sozinha em casa… Enfim, trocar ideia, ver gente com interesse em comum contigo e ter com quem compartilhar o amor pelo feito à mão <3

Não tenho informações sobre valores e agenda de cursos (eles não têm site), mas dá pra entrar em contato pelo Facebook ou pelo Instagram deles.

Fica na rua Oscar Freire, 2220, Pinheiros. O telefone é (11) 99456-7503

georgia halal curso de costura A Georgia Halal é uma loja bem linda que faz roupas com uma pegada paulistana-moderna-menina-de-Pinheiros. Eu adoro! Inclusive, a Geórgia – a moça por trás do nome e de tudo da marca – foi quem desenvolveu pra mim a  modelagem da saia das sonhos, o modelo que vendo na lojinha do blog  ♥ 

A marca vai além de só vender roupas. Lá dentro funciona o Georgia Lab, um espaço onde rolam vários encontros, bate papos e cursos – o mais novo deles, de costura!

O primeiro módulo começou hoje e é voltado para peças de decoração modernosas, com cara de Pinterest (a minha cara, néam? 🙂 ) Apesar de já ter começado, você pode se inscrever para os outros módulos e acho que esse vai ser repetido também. A ideia é que você chegue lá sem saber costurar nada e, a cada aula, vá fazendo um projetinho mais elaborado para decorar a sua casa 😉

Fica na Rua dos Pinheiros, 339, Pinheiros. O telefone é (11) 3063-1141

Mais um espaço fofinho para aprender a costurar em Pinheiros! (Desculpa, mas meu bairro é mara e parece ser o preferido das costureiras wannabe ♥ 

O Ateliê Ponto Criativo é novinho, novinho! A Camila é professora de costura e modelagem e acabeu de se mudar pra São Paulo. Ela abriu o ateliê para dar aulas particulares e em grupo. As aulas são livres de roteiro e você pode construir moldes do zero, seguindo uma tabela de medidas ou tirando as próprias medidas. Pode aprender a tirar molde de revistas, copiar alguma peça de roupa, fazer acessórios, bolsas, almofadas e o que mais a sua imaginação quiser.

O aluno paga de acordo com a quantidade de aulas que deseja ter. 4 aulas particulares (de 1h30 cada) custam 170 Golpinhos. Se você tiver uma amiga e quiser fazer aula em dupla esse valor diminui!

Estou louca pra ir lá conhecer o ateliê da nova vizinha 🙂

Fica na Rua Mourato Coelho e o telefone é (16) 99106 1135

sesc pompeia curso de costura O SESC Pompéia tem cursos bem legais de costura e trabalhos manuais. Aliás, tem outras unidade do unidades do SESC que oferecem esse curso super completo de costura para iniciantes, mas escolhi colocar aqui o Pompéia porque é onde vejo SEMPRE abrir essa turma.

É um curso de dois meses de duração, que me parece bem completo. Como custa baratinho (não lembro ao certo, mas o último que vi estava em torno de R$ 100,00!) as vagas voam rapidinho. O SESC destina boa parte das vagas para os associados e só abre algumas para o público em geral. Você tem que ficar de olho no site para ver quando abre turma e correr para se inscrever no primeiro dia!

Geralmente eles abrem o curso de costura para iniciantes uma vez a cada semestre.

Fica na Rua Clélia, 93, Pompéia. Telefone (11) 3871-7700

associacao dos alfaiates de SP A Associação dos Alfaiates e Camiseiros do Estado de São Paulo tem cursos bem completos de alfaitaria. Não requer habilidade prática anteiror, o que significa que você pode chegar lá sem saber nada de costura. Mas é um curso mais denso, acho que próprio para quem quer trabalhar a sério com costura – especificamente com alfaitaria.

Os módulos são divididos em calça, camisa, blazer feminino e paletó. A carga horária é bem extensa e eu acho que deve ser um curso incrível! Imagina só… Ser alfaite é um ofício tão lindo, tão cheio de histórias e tradição!

Quero fazer o módulo de paletó um dia! E isso me fez lembrar dessa matéria que eu escrevi sobre Seu Ebenezer, o alfaiate, para a revista Salto Agulha ♥ 

Fica na Av Ipiranga, 1267. O telefone é 11  3313-0250

atelie vivo biblioteca de modelagens São Paulo é uma cidade que me conquista a cada novidade! Uma das últimas que fizeram meu olho brilhar foi o  Ateliê Vivo, a primeira biblioteca pública de modelagens do Brasil.

Vários estilistas doaram seus moldes para construir o espaço (Fernanda Yamamoto, Alexandre Herchcovitch, Fabia Berscek…) e aí aos fins de semana você pode passar uma tarde lá costurando, usando os moldes dessa galera e o melhor: Tudo de graça!

O ateliê funciona na Casa do Povo, um centro cultural e colaborativo, com máquinas de costura disponibilizadas àqueles que querem produzir sua própria peça.Todos os sábados, das 14h às 21h, o lugar oferece orientação técnica para quem se inscreve para participar da atividade. Basta chegar antes das 13h30, levar seus tecidos, colocar o nome na lista e retirar uma senha.

É bom ter uma noção básica de costura para aproveitar melhor a experiência, mas se você não souber nada o grupo que organiza as oficinas pode te orientar. E eles também fazem algumas oficinas, inclusive de costura básica pra iniciantes.

Não é demais? Fique de olho na página deles no Facebook para acompanhar a programação 😉

Fica na Rua Três Rios, 252, Bom Retiro. Contatos através do email atelievivo@gmail.com

aula particular de costura em SP E é claaaaaro que eu não poderia deixar de dar esta opção que é a maravilhosa aula particular! Sem programação fechada, sem ter que fazer peças que não te interessam, tudo no seu tempo e no seu ritmo. Vale a pena procurar alguém ofereça aulas na sua casa.

Se você morar pelo centro ou Zona Oeste, pode falar com a Nayara, minha prof mara. O telefone dela é (11) 98733-4798. Ela pode dar aulas no ateliê dela que fica no Butantã, ou ir até a sua casa.

Eu estou amando ter aula particular e acho que, até agora, foi o que funcionou melhor pra mim. As aulas custa 60 Golpinhos de você for até o ateliê dela e 75 Golpinhos para ela ir até a sua casa. Cada aula tem 4h de duração e dá pra fazer bastante coisa!

Espero que vocês tenham curtido o post e se animem para aprender a costurar porque fazer as nossas próprias roupas é muito amor!

Me tornar independente em relação à moda tem sido muito importante no meu amadurecimento – mudou minha personalidade, meu jeito de consumir e até mesmo o que eu espero do futuro. Uma transformação profunda mesmo, mas isso já é assunto para outro post! 😉

 

 

Para acompanhar tudo do blog:
Facebook ♥ Pinterest ♥ Instagram Youtube 

4
  • Compartilhe  →

Ano novo, blog novo – Meu clichê anual preferido!

Posted on

Por mais que eu ame pagar de diferentona e não repetir padrões, tem alguns clichês que me pegam de jeito e deles não consigo fugir! Essa vibe de “mudanças de começo de ano, novo ciclo, nova fase, vamos recomeçar, fazer tudo novo, arrasar e – dessa vez – cumprir todas metas” é uma coisa que sempre me contagia. Aproveito essa empolgação para produzir bastante – mesmo que o rendimento caia um pouco no mês seguinte 😛

E dessa empolgação de começo de ano junto com o momento introspectivo pelo qual estou passando, nasceu um layout novo! 

Eu estava cansada da cara antiga do blog, muito cor de rosa e poluída. Queria algo mais clean, limpinho, simples, direto, sem muita frescura. Aí nada como ter um namorado designer e um amigo/vizinho programador nessas horas, né? (thanx, Xuxu e Jonatas!!!) No fim de semana passado mudamos o layout do blog e dei uma arrumada na fonte do “moda além do óbvio” (que eu estava achando difícil de ler e estava me incomodando).

Agora está mais claro, mais simples e eu amei a carinha nova dele! As categorias continuam as mesmas mas devem mudar um pouco nos próximos dias. No mais, o conteúdo aqui é o de sempre: cabelo cacheado, decoração fácil e baratinha para a #casadopinterest, moda retrô, ladylike e mais um monte de besteirinhas que eu amo dividir com vocês ♥ 

E pra não perder a viagem, aqui vão algumas metas para este lindo 2017. Vou jogar aqui pra vocês acompanharem e me ajudarem a não esquecer delas!

♥ Fazer mais cursos de costura, aprender peças novas e costurar minhas próprias roupas;

♥ Colocar a loja do blog online!

♥ Evoluir na yoga e nunca mais abandonar a prática que mudou a minha vida!

♥ Começar uma hortinha de temperos;

♥ Voltar a estudar (ainda não sei o que, mas quero!);

♥ Meditar todos os dias;

♥ Ler pelo menos 3 livros no primeiro semestre;

♥ Terminar de decorar nosso ap;

♥ Ter mais tempo pra brincar com Totoka

♥ Cozinhar em casa, aprender novas receitas e comer melhor;

♥ Conseguir não me sobrecarregar de trabalho

É isso! Se eu conseguir cumprir pelo menos um pouquinho de cada meta já estarei super realizada 🙂

Para acompanhar tudo do blog:
Facebook ♥ Pinterest ♥ Instagram Youtube 

 

0
  • Compartilhe  →

O que me faz blogar? Um texto sobre motivação, mudanças e outras viagens

Posted on

Eu tenho esse bloguito há quase uma década. Na real são 8 anos, mas QUASE UMA DÉCADA é uma expressão tão poderosa! 😀 Nesse tempo todo eu alternei bastante a frequência de postagens. Tive períodos super motivada, outros nem tanto. Cheguei a ficar meses sem postar, mas nunca considerei a possibilidade de parar. Esse post da Lis me levou a pensar um bocado sobre o Salto Agulha.

O blog faz parte da minha vida de uma maneira muito natural. Mesmo quando não estou num período de super inspiração e postagens frequentes, ele continua ali pronto para receber um conteúdo bacana assim que eu descobrir alguma coisa incrível e tiver aquela vontade louca de compartilhar com vocês.

Acho que o fato de nunca ter transformado o blog no meu trabalho fixo me deu essa flexibilidade de manter exatamente a linha editorial que eu tinha quando fiz o primeiro post. E apesar de não ser O trabalho, o blog me trouxe MUITO trabalho! Ele sempre foi o meu cartão de visitas e o lugar onde meus empregadores (e hoje meus clientes) me viram primeiro. Viram meu texto, minhas ideias, meu posicionamento diante de algumas situações e muito da minha personalidade. Com esse portfólio real que é o blog eu consegui muitos trabalhos e clientes para os quais eu passei a produzir conteúdo até abrir a minha própria empresa de comunicação. Não é demais? <3 Eu adoro a forma despretensiosa como as coisas acontecem na minha vida!

Durante muito tempo eu achei que tinha sorte e as coisas vinham até mim. Só depois de ler uma postagem da Alê Garattoni no Facebook eu percebi que as coisas vinham até mim porque desde sempre eu estava mostrando pro mundo o tipo de texto que eu gostaria de escrever como jornalista. Escrevi muito de graça antes de começar a ganhar pra isso, escrevi no blog, lancei uma revista, me ofereci para contribuir com deus e o mundo e assinar matérias que me interessavam. E assim eu construí minha (ainda pequena) carreira.

Esse ano foi um ano muito contraditório. Começou com mais clientes aparecendo e ao mesmo tempo que eu queria que minha empresa crescesse eu não estava dando conta. Me sentira sobrecarregada e sem criatividade para criar conteúdo legal. Fui levando. Fique mais cansada. De certa forma acho que pedi incoscientemente ao universo para desacelerar. Aí tudo começou a ficar mais lento. Os clientes começaram a ficar mais escassos e eu comecei a ficar preocupada com grana e me cobrar muito. A gente tem aquela ideia na cabeça de que só nos é permitido crescer em números, nunca regredir – o que é uma grande besteira!

Aí veio a yoga e eu comecei a me interessar por coisas que eu nunca achei que ia gostar na vida! Quis fazer a minha própria comida, acordar mais cedo, meditar, ter uma atitude diferente no meu dia a dia… Em algum momento eu achei que estava me tornando outra pessoa, mas eu estava apenas ouvindo a mim mesma e descobrindo quem eu era!

Durante todos esses últimos 33 anos eu não me ouvi. Eu liguei o piloto automático e segui o flow. 2016 foi o ano em que eu conversei comigo mesma “Minha filha, porque você está fazendo isso assim? Como você gostaria de estar? Miga, porque você come isso? Porque veste isso? Onde você gostaria de estar hoje?” E assim segue meu diálogo interior rs

Essas conversas resultaram em algumas mudanças e algumas descobertas. Uma delas – e é por isso que estou escrevendo esse post – é uma descoberta com gosto de “eu já sabia”. O blog é muuuuuito importante pra mim!♥ Desde o tempo em que eu trabalha numa redação de jornal que não tinha nada a ver comigo, era o blog que me alimentava de energia criativa para conseguir viver e trabalhar bem.

Nesse período que passei sem postar, ou postando raramente, eu nunca esqueci do blog – e ao fim do dia eu sempre terminava minha lista de tarefas com um gostinho de “o dia foi mara, mas teria sido melhor se eu tivesse postado alguma coisa no blog“.

Então eu posso dizer que eu crio aqui no blog para ter gás para criar em outras áreas da minha vida. Não por acaso, os períodos em que postei com maior frequência foram os períodos de maior riqueza criativa em outros segmentos. Quanto mais eu posto, mais ideias eu tenho no trabalho, mais desenrolada eu sou no dia a dia, mais facilmente eu consigo solucionar problemas cotidianos e parece que tudo flui melhor.

É isso que me motiva. Esse textão todinho é só pra dizer que é maravilhoso ter vocês me lendo! É surreal ver nos comentários pessoas que estão por aqui desde 2009!  E que sorte a minha ter vocês por aqui! Não sei quem vai ter coragem de ler essa letra de Faroste Caboclo, mas para quem chegou até o final [ou para quem leu o começo e veio lero o último parágrafo só pra saber o desfecho #quennunk? ] meu MUITO OBRIGADA!

Vocês são incríveis e ter um blog é muito amô ♥ 

 

Para acompanhar tudo do blog:
Facebook ♥ Pinterest ♥ Instagram Youtube ♥ Snapchat: gladisvivane 

3
  • Compartilhe  →