Testei: Deva Curl Styling Cream

Posted on

deva-curl-styling-cream Acho que toda cacheada já ouviu falar da Deva Curls, uma marca específica para cabelos cacheados, que tem uma varieade enorme de produtos, para vários tipos de cachos. A primeira vez que ouvi falar da Deva foi quando vi o difusor deles, aquela mãozinha verde, num salão de beleza. Imediatamente desejei aquilo e fui procurar saber mais sobre a marca.

Bom, o difusor eu acabei de comprar aqui nos EUA e vou falar dele em breve aqui no blog. Mas hoje vamos falar do leave-in Deva Curl Styling Cream!

Para vocês entenderem essa resenha, preciso dizer que meu cabelo é muito fino, mas muito fino MESMO. E que eu odeio produtos que “baixam o volume” ou “domam os cachos”. Para mim, cacheado bonito é cacheado com volume, aquela juba enorme como uma moldura linda pro nosso rosto (ai que gay!).

Então o tipo de leave-in que eu gosto é consistente o suficiente para encapar todo o fio e dar um “peso”pro meu cabelo ralinho, mas, ao mesmo tempo, ele não pode pesar nem grudar nos fios, para não murchar o meu cabelo.

O primeiro produto da Deva que eu testei foi o B’Leave-in Comprei só porque tinha uma promoção que vinha uma miniatura dele na Ikesaki, em São Paulo. Mas eu já sei que os finalizadores com textura em gel não funcionam muito bem no meu cabelo. Resultado: não ficou macio, não definiu os cachos e ficou meio ressecado. Fiquei apavorada porque “Como assim a melhor marca para cabelos cacheados do mundo não funcionou no meu cabelo???”, mas a verdade é que eu escolhi o produto errado e não soube usar o B’Leave-in! Uma cabeleireira aqui nos EUA me explicou depois que, para cabelos com o meu, esse finalizado em gel funciona se usado JUNTO COM um creme.

Mas, voltando ao Deva Curl Styling Cream, esse sim funcionou que foi uma beleza no meu cabelo! A textura dele é bem cremosa, mas não é gordurosa. Aliás, todos os produtos da Deva são livre de sulfato, parabenos e silicone (se você não sabia que o silicone é uma M para cabelos cacheados, dê um google aí e muda a sua vida se livrando desses produtos).

deva-curl-styling-cream

A embalagem pump vem com 125ml e, para um melhor resultado, você deve aplicar muito produto, encapando todos os fios. Ele deve ser aplicado com o cabelo bem molhado e sem seguida você seca amassando com uma toalha (ou papel toalha ou toalha de microfibra. que diminuem o frizz). Tive a impressão que meu cabelo seca mais rápido quando uso o Deva Curl Styling Cream e isso é ótimo! Saio do banho, aplico, amasso com a toalha e, enquanto me visto e me maquio, o cabelo está quase seco!

Os cachos ficam bem modelados e macios. Depois de seco, dou uma sacudia estilo – Joelma – amasso um pouco para “quebrar” alguns cachos e fica lindo!

Eu amei esse creme! A única coisa ruim é que ele é CARO. Comprei por 25 Obamas na Sephora aqui em Orlando, nem imagino quantos milhões deve custar no Brasil. Como vem pouquinho produto (125ml é bem pouco pra mim hehe) acaba saindo bem carinho. Comprei o meu não tem um mês e ele já está na metade, isso porque nem uso todos os dias! Por isso ele recebeu 4 e não 5 botões na avaliação do Salto Agulha =)

Mas, se você é do time das que não medem esforços pelos cachos e prioriza os gastos com produtos para o cabelo, se joga no Deva Curl Styling Cream. Você vai amar!

Abaixo tem duas fotos do meu cabelo em um dia que usei o Deva. Ainda estava um pouco úmido quando fiz as fotos, por isso ainda não estava com todo o volume que eu gosto. Mas já dá pra ter uma ideia…

cachos-deva

E aí? Mais alguém já usou e curtiu – ou não – esse creme?

 

13
  • Compartilhe  →

Testei: Linha Castanha do Brasil da Granado

Posted on

Outro teste de prduto para vocês \o/

Tô muito experimentadora essas dias, né? 😛

Gosto muito – mas muito mesmo – dos produtos da Granado. Comecei pela linha pink e fui me encantando pelas outras.

Na minha opinião eles cumprem muito bem sua função, tem preço super honesto e o cheirinho é imbatível. Acho que é a marca mais “perfumada” que conheço. Cheiroso com frescor, sem ser enjoado – porque eu sou muito abusada com cheiro!

Estava curiosa para testar algum dos shampoos, mas meu cabelo é bem complics e não aceita todo shampoo. Tem que ser um produto que limpe e ao mesmo tempo hidrate, se não os fios ficam extremamente ressecados.

Como a Granado tem um shampoo e um condicionador de castanha do Pará – que é um ativo naturalmente hidratante – resolvi ir neles.

Comprei um kit com miniaturas, porque se não desse certo eu não desperdiçaria um frasco grande de produto. O kit vem com um shampoo, um condicionador, um hidratante e um sabonete, de 50 ml cada, todos de castanha do Pará. Custou R$ 28,00 na loja da Granado aqui em SP.

O shampoo não é cremoso – o que me deixou um pouco apreensiva, com medo de ressecar o cabelo. Mas a espuma fica bem cremosinha e limpa sem deixar o cabelo duro, sem ressecar.

É legal para quem – como eu – usa muito leave-in todos os dias, pois esses shampoos transparentes limpam mais profudamente, tirando o resíduo de produto do cabelo e preparam os fios para receber a máscara de tramaneto.

(Veja esse vídeo da Paola Gavazzi sobre os tipos de shampoo, é MUITO legal :D)

O condicionador é do jeito que eu gosto: um creme bem cosistente. E é bem emoliente, você passa no cabelo e os fios vão desembaraçando.

Gostei muito!

Durante o banho fiquei muito satisfeita com os produtos. O cheiro é divino e transforma seu banho numa sessão te terapia ofaltiva relaxante kkkkk (não é exagero, é muito bom!)

Mas eu precisava ver o efeito com o cabelo seco, né? Então saí do banho, coloquei meu creminho sem enxágue como de costume e sequei amassando com a toalha.

Tirei uma foto mas o cabelo ainda estava úmido:

Meu cabelo demora horrores para secar. Na foto ainda não tinha secado completamente, mas dá pra ver que os cachinhos ficaram ok. Depois de seco ele fica com mais volume e menos “grudado” na cabeça, do jeito que eu gosto! (anos 80 feelings :D)

Usei mais duas vezes para ter certeza de que o cabelo tinha aceitado a troca de shampoo com naturalidade.

Senti falta de uma máscara de hidratação e de um leave-in. Acho que a Granado deveria investir nisso.

Gostei MUITO dos produtos. Super aprovados!

Para quem não mora em São Paulo, o shampoo e o condicionador estão à venda no site da Granado e custam só R$ 10,00 cada um (com 180ml). Bom, cheiroso e barato!

E se você mora ou está de passagem por São Paulo, vale muito a pena visitar a loja na Oscar Freire. É uma coisa linda, parece uma farmácia antiga e dá vontade de colocar tudo na sacola.

No teste de hoje: Shampoo e condicionador de castanha do Pará da Granado – aprovados com louvor! 

 

 

2
  • Compartilhe  →

Delineador adesivo: O teste!

Posted on

Testei meu delineador adesivo baratex num dia que saí à noite aqui em São Paulo.

A ideia era testar a facilidade de aplicar – ou não, se o bicho ficava bonitinho na maquiagem e também se resistia ao calor, ao suor e às intempéries de uma balada.

O adesivo que usei foi esse aqui, que custou R$ 4,00 num mercadinho de beleza chinês da Liberdade:

Como vocês podem ver, apenas os dois de cima da cartela são “usáveis”. Os de baixo são bem bizarrinhos – a não ser que eu pegue uma tesoura e corte esses troços que acho que tentaram imitar uns cílios…

Mas, enfim, ficou assim:

Não foi muito fácil de colocar porque a cola dele é muito fraquinha. No cantinho do olho por exemplo, ficou torto e quando eu tirei pra mudar de lugar não queria mais colar. Tive que colocar um pouco de cola para cílios postiços, aí segurou.

Depois de algumas horas começou a sair e eu fiquei de saco de cheio de ficar pressionando, então tirei.

No fim das contas posso dizer que é útil se você não sabe de jeito nenhum usar dlineador. Mas, para mim, é bem mais fácil continuar com o meu fluidline mesmo

Vai ganhar só duas estrelinhas… ops! dois botões do blog 😀

2
  • Compartilhe  →

Testei e aprovei: Hidratante da Clinique

Posted on

Esse hidratante de nome pomposo – Dramatically Different Moisturizing Gel – é um dos produtos de beleza mais famosos do mundo.

Eu sempre desconfio desses campeões de vendas, pois o que dá certo para todo mundo quase nunca funciona para mim também. O Ruby Woo por exemplo, o batom mais badalado da história mundial dos batons, eu odeio!

Mas voltando ao Dramatically Different Moisturizing Gel – ou DDMG para simplificar…

É um hidratante leve, que pode ser encontrado nas formas de gel (para pele mista ou oleosa) e loção (para normal ou seca). É muito antigo, acho que o maior clássico da Clinique.

Eu sempre tive curiosidade de testar. Durante muito tempo tive preconceito com hidratante e achava que não podia nem deveria usar porque minha pele é um sebo só.

Mas eis que maravilhosa descoberta! Depois que passei a higienizar e hidratar a pele todos os dias, com disciplina, a oleosidade diminuiu bastante!

O DDMG é realmente muito bom. Deixa aquela sensação de conforto na pele, nada oleosa. Ao mesmo tempo também não matifica exageradamente, o efeito é de  “passei nada” mesmo.

Óbvio que ele não promove grandes mudanças como sumir com rugas ou manchas. Afinal, ele não é um creme de tratamento. É só um hidratante básico.

Eu uso a textura gel, e olha como some da mão rapidinho. Fica zero óleo…

Além de tudo isso acho que ele pode ser usado por pessoas de pele sensível, pois estou fazendo tratamento com ácido – como mostrei aqui – e mesmo com a pele super sensibilizada ele não arde nem um pouco.

Eu faço esse procedimento com ácido à noite. De manhã eu lavo o rosto, borrifo água termal e depois passo o DDMG. Se eu for ficar em casa, o ritual para por aí. Se eu for sair, aguardo uns minutos e passo filtro solar.

Recomendo demais para quem está procurando um hidratante bom, sem muita firula.

Tem pra vender no próprio site da Clinique ( R$ 145,00 o de 125ml).

Mas no Morangão acaba saindo mais barato. Atualmente está por R$ 111,00 o de 125 ml com frete grátis. Mas sempre tem promoção dele!

É bom ficar de olho 😉

4
  • Compartilhe  →

Recuperando os cachos com o RMC da Amend

Posted on

No dia 04 de abril eu escrevi este post dramático.

Estava desesperada com o estado do meu cabelo. Após anos de tintura sem tratamento, ele estava sem vida, sem cachos, sem viço, sem graça e sem nada. Daí uma abençoada leitora chamada Gil, comentou no post dizendo que havia feito “reposição de massa capilar”, e tinha conseguido recuperar o cabelo.

Gente, essa é a maravilha de ter blog! Compartilhar experiências e descobrir coisas incríveis. Eu nunca havia ouvido falar nesse tal de repositor de massa capilar, mas fui atrás pra saber do que se tratava.

Nas minhas pesquisas, descobri que o que havia acontecido com meu cabelo era realmente perda de massa. Imagine só: anos pintando, sem hidratar, sem cuidar, escovando frequentemente… não tem cabelo que aguente.

A perda de massa deixar o cabelo opaco, sem vida, poroso. Quando você escova ele fica logo “fofo” e a escova não dura quase nada. Quando deixa secar ao natural ele fica disforme, sem cachos, sem aquele balanço que um dia ele teve – quando virgem.

Comecei a perceber que no estado em que o meu cabelo estava, as hidratações não funcionavam – nem a maravilhosa Absolut Repair – porque o cabelo precisava de reconstrução do fio, não somente de hidratação.

Descobri que muitas meninas falavam sobre o RMC – Repositor de Massa Capilar da Amend, e gostavam muito. Comprei meu kit meio sem esperança, porque nunca havia usado nada da Amend, e achava meio “marca de Creuza”.

Aquele velho pensamento idiota, de que o que é bom precisa ser caro. Tipo, se Kérastase não resolveu, Amend vai resolver? kkkkkk

Além do mais, nunca ouvi falar da Amend nesses blogs famuósos de beleza – o que concluí depois que só pode ser porque a marca não paga jabá pras blogayras rs.

Mas felizmente eu estava enganada, e o resultado foi ótimo!

Isso não é um publieditorial, não ganhei nada da Amend, portanto meu relato é totalmente sincero. Preciso dividir com vocês!

Primeiro tive que escolher entre os dois tipos de RMC que a Amend tem. O da embalagem azul é para cabelos com escova definitiva e alisamentos, por isso imaginei que contribuísse para o efeito liso dos cabelos, e não era o que eu queria. O da embalagem vermelha é para cabelos com danos menos severos, causados por tinturas e processos mecânicos, como escova e chapinha.

Apesar de  a linha zul ser mais “potente”, preferi usar a vermelha, já que nunca fiz nenhum tipo de alisamento. Comprei o kit com os três produtos do tratamento – um shampoo, uma máscara e um creme sem enxágue. Os três juntos custaram R$ 99,00 na Miami Imports.

O tratamento começa com o shampoo especial, que é bem suave e tem cheirinho bom. Você deve lavar duas vezes, antes de seguir para o próximo passo.

Ah! eu tenho um truque ótimo para ensinar: antes de qualquer tratamento, uso um shampoo anit resíduos, para limpar totalmente os fios e deixar que o tratamento penetre bem. Desde que comecei a fazer isso, melhorou muito o resultado das hidratações ou qualquer outro tratamento que faço em casa. Aprendi vendo esse vídeo da Paola Gavazzi. E antes do RMC, limpo o cabelo com meu anti resíduos. Depois é que aplico o shampoo da Amend.

Em seguida você deve retirar o excesso de água, e aplicar a máscara mecha por mecha. O segredo para conseguir o melhor efeito, é fazer aquele movimento puxando mecha por mecha, que potencializa a ação do creme. Deixe agir por 10 minutos e enxágue totalmente. Nada de deixar “um restinho de creme no cabelo” hein?

Por último aplique o creme sem enxágue, e seque como de costume. Fica bom tanto pra escovar quanto para amassar os cachos com a toalha e deixar secar ao natural.

Quem quiser pode ver a aplicação e a textura dos produtos nesse vídeo que encontrei no site da Amend:

Comecei usando duas vezes por semana no primeiro mês, e agora uso uma vez por semana. Os cachos realmente voltaram, e o cabelo está cada dia melhor.

Da raíz até a metade do comprimento, o RMC recuperou quase todo o cabelo. Da metade pra baixo, acho que a situação já era irreversível (ou eu não tive paciência de esperar recuperar) e passei a tesoura. Foi legal porque eu já estava também querendo mudar o visual 😀

Conclusão: O RMC da Amend é muito bom. O resultado é rápido quando você usa o tratamento 2x por semana. Indico para quem tem qualquer grau de dano nos fios. Se o seu cabelo não é muito danificado, você pode usar a cada 15 dias, por exemplo.

Para quem tem cabelo cacheado é uma maravilha. Os cacheados virgens podem fazer a reposição uma vez por mês. Os castigadinhos por escova, uma vez por semana. E os coitadinhos que sofre com tintura, 2x por semana.

É claro que o que funciona para uma pessoa, pode não fazer efeito para outra. Mas se o seu cabelo tem características parecidas com o meu, deve funcionar para você também.

Muito obrigada à Gil que falou dessa maravilha nos comentários, e boa sorte para todas as cacheadas! 😀

43
  • Compartilhe  →