Tem liquidação na Afer!!!

Posted on

As imagens desse editorial que estou postando hoje nem são novidade, elas fazem parte de uma sessão de fotos que eu e a minha amiga  Mirella Fonzar fizemos para a Afer.

A ideia foi mostrar duas clientes da loja que são apaixonadas pelo estilo pin-up, usando essas roupas lindas 

O editorial foi para o site da Afer, saiu no Be Style da Mirella e foi o maior bafão entre as meninas que curtem esse estilo de roupa. Minhas amigas viram as fotos no meu Facebook e enlouqueceram também com a possibilidade de ter um closet inteiro recheado de roupas estilo Mad Men.

Como eu estava super louca organizando minha mudança pros EUA, acabei nem postando as fotos aqui. Mas sabe porque hoje resolvi mostrar esse ensaio para vocês?

Porque a Afer está em liquidação e todas essas peças lindas estão com SUPER descontos! Algumas com mais de 50%!!!

As roupas da marca têm a modelagem mais perfeita do mundo! Os vestidos têm um corte que vale por uma lipo hahahahaha você fica com aquela cinturinha dos sonhos. A loja tem ateliê próprio e tudo é produzido por eles. Acabamento perfeito, daqueles que dá gosto de ver! Por isso mesmo as roupas não têm preço de fast fashion. Daí a amiga, acostumada a comprar tudo feito na China, fica com pena de pagar um valor justo por uma peça produzida com mais exclusividade.

Amiga, essa é a sua hora! Os precinhos da liquidação estão irresistíveis! Tem vários vestidos lindos por R$ 120. Para o trabalho, para a festa, para o fim de semana… Para ser linda todo dia como uma diva dos anos 50 

Vem ver!

9

6

13

ib5

30

ib3

ib4

20

14

ib1

3

4

imagensdoblog

29

1

_MG_6202

Viram quanta coisa linda? É de babar, não é?

Vou deixar aqui os dois endereços da Afer em São Paulo para quem quiser ir aproveitar a liquida:

Pinheiros – Rua Artur de Azevedo, 1199 / tel. 11 3628 2971

Moema – Alameda dos Anapurus, 1247 / tel. 11 5052 3405

Quem não é de São Paulo mas se apaixonou por alguma peça também pode ligar para a loja de Pinheiros e fazer o pedido. As meninas mandam pelos Correios para qualquer lugar do Brasil e do mundo!

E se você curtiu as peças e quer ficar de olho na produção da Afer (eles sempre fazem coisas lindas para quem ama esse estilo ladylike) vale a pena ficar de olho no blog e na página da loja no Facebook.

😉

 

0
  • Compartilhe  →

A moda ladylike da Afer

Posted on

 

É oficial, gente! Achei uma loja que é a minha cara em São Paulo  ♥

Imagine um lugar que tem todos aqueles modelos que eu amo: saias godê, vestidos de cintura marcada, cigarretes coloridas, muitas bolinhas, estampas florais, listras… Esse paraíso existe e, não só isso, é na rua da minha casa! Hahahahaha

Vamos saber um pouco da história da loja (e dar umas boas risadas com o meu gif , agregando valor ao post :D)

A Afer foi pensada e criada pela estilista Andrea Ferreira, que – olha só – morou muitos anos em Natal!  [Coincidências existem? :)]

Daí ela mudou pra São Paulo e, 26 anos atrás, criou a Afer. O estilo da marca é bem ladylike, com aquela modelagem delícia que deixa  a gente com cintura fininha e carinha de Mad Men. Peças clássicas – mas nem um pouco caretas – que você compra com a certeza de que vai usar pra sempre.

Pra vocês terem uma ideia, tem modelos de vestidos que eles fazem há 25 anos, só mudando cores e estampas, e continuam super atuais. Veja aqui alguns exemplos dos modelos, que levam nomes de divas como Maria Callas e Brigitte Bardot.

Outra coisa que eu amo na Afer é que eles têm ateliê próprio e produzem tudo o que vendem. Eu fico P da vida de pagar R$ 100,00 numa peça que foi produzida na China por centavos de dólar, sabe?

Cada vez mais tenho procurado comprar coisas que sei de onde vêm e como são produzidas. E acho muito mais valioso pagar por um produto assim.

Tanta coisa linda e pertinho da minha casa, mas só fui descobrir a loja depois de sete meses de São Paulo, graças a uma amiga que me falou que o lugar era a minha cara (obrigada, Paty! :D)

Fotografei rapidinho algumas peças no último fim de semana, mas é tanta coisa legal que renderia post pra um ano!

Semana passada a Afer fez um bazar e eu arrematei esse vestido floral marvijoso.

Estou louca pra usar!

Se você também gosta desse estilo com um arzinho vintage, vai amar a Afer!

Tem duas lojas em São Paulo –  uma em Pinheiros e outra em Moema. Seguem os endereços:

 

Rua Artur de Azevedo, 1199
tel. 11 3628 2971

 

Alameda dos Anapurus, 1247
tel. 11 5052 3405

 

E quem quiser acompanhar as novidades, bazares, promoções e ver mais modelos lindos, pode dar uma olhada no site e curtir a página da loja no Facebook .

 

 

14
  • Compartilhe  →

Desejo de verão antecipado: vestido mexicano

Posted on

 

A primavera começou ontem então a gente já pode dizer que “é quase verão”, né? 😀

E aí que eu só penso em vestidinhos leves, estampas coloridas e sandália rasteira (uma tristeza que tenha esfriado de novo essa semana em São Paulo).

Entre os meus desejos de verão, o vestido mexicano tem um lugar bem especial. É um modelo de vestido soltinho, com manguinhas e bordados que lembra o estilo dos bordados da cultura mexicana. Não é uma “tendência” nem uma modinha. É um modelo de vestido que sempre está por aí e tem muito a cara do verão e de praia.

Quase comprei um no ano passado, mas achei que ficava muito mais gordinha com ele e desisti. Eu e essa minha mania de marcar a cintura em tudo…

Mas depois me arrependi de não ter comprado e decidi que esse ano vou ter um vestido mexicano para passar o verão!

E aí fiz aquela minha pesquisinha básica para encontrar looks inspiradores e dividir aqui com vocês…

Amo o branco e o amarelo, mas esse azul que a moça está usando é lindo demais!

E vocês, gostam desse estilo de vestido? 🙂

8
  • Compartilhe  →

No closet de Frida Kahlo*

Posted on

*Vi esse post no IdeaFixa e achei o máximo (aliás, o blog todo é muito bom, vale a visita) daí resolvi replicar aqui para vocês. Acho fascinante a forma como Frida Kahlo falava falava de si mesma por meio da indumentária que carregava.

1937, foto de Nickolas Muray

O guarda-roupa de Frida Kahlo foi trancado logo após a morte dela, em 1954. Frida usava a moda para transformar suas inseguranças físicas e emocionais em força, beleza e inspiração para a sua própria pintura.

Quando morreu, logo após seu aniversário de 47 anos, seu marido e parceiro na arte, Diego Rivera, começou a colocar seus pertences pessoais em um banheiro de sua casa, na Cidade do México. Com a morte de Rivera, em 1957, a casa de ambos conhecida como La Casa Azul, tornou-se o Museo Frida Kahlo.

Pouco antes de Rivera morrer, ele instruiu uma amiga íntima, Dolores Olmedo, para que o guarda-roupa de Frida ficasse trancado pelos próximos 15 anos. Olmedo levou o pedido de Rivera tão a sério que deixou o closet trancado até a sua morte em 2002.

Durante a última década, o museu foi finalmente capaz de catalogar e organizar o conteúdo do closet, que também guardava centenas de documentos, fotografias e obras de arte – além de cerca de 300 peças de roupa e objetos pessoais, desde um par de brincos que Picasso deu a Frida, até a suas próteses personalizadas.

Apenas em novembro de 2012, em colaboração com a Vogue México, o museu abriu a primeira exposição das roupas de Kahlo, apresentando seu vestuário através da lente da deficiência, do poder feminino, assim como a sua contínua influência sobre a moda.

Na esquerda, um desenho de 1932 (“o aborto”) fala sobre a incapacidade de Frida de ter filhos após o seu acidente. A direita, ela decora um de seus vários corsets, em 1951.

Uma das impressionantes prótestes de perna pesonalidadas, de 1953

O vestido-corset de Gaultier, de 1994, foi inspirado nos usados para a recuperação de Frida

Um par de sapatos que teve a cobertura do pé direito arrancada, para manter o pé machucado confortável

Nova York, 1946. Foto de Nickolas muray

1
  • Compartilhe  →

O novo momento da Clarim

Posted on

Acho que vocês perceberam que o blog tem um parceiro novo, né? A Clarim, que tá no banner ali em cima 😀

Acho que toda mulher em Natal conhece a loja. Já comprou alguma coisa ou pelo menos já passou em frente à Clarim – afinal, não há criatura que viva na cidade e não passe pela Salgado Filho, né? hehehe

Eu já comprei várias vezes, sempre achei que tinha muita variedade de peças e um preço bem honesto. Mas uma coisa que me chamava atenção é que eu nunca via NADA da loja na internet. Nem site, nem Facebook, nem twitter…

E eis que um belo dia recebo um contato para fazer uma parceria do blog com a loja e fiquei sabendo que eles estão passando por um momento de mudança, modernização e entrada no maravilhoso mundo da internê! \o/

Muito bacana porque agora você pode ver fotos das peças nos canais da loja (site, blog, Facebook, Twitter…) e sair de casa já sabendo o que quer comprar.

E a gente aqui é parte desse novo momento da loja. Sempre que chegarem novidades legais vou postar aqui no blog pra vocês ficarem sabendo.

Como essa camisa com estampa de zebrinha, a coisa mais fofa do mundo! ♥♥♥

Se eu tivesse que indicar somente uma coisa para vocês comprarem na loja seriam as camisas. Tem muitos modelos interessantes, com estampas e detalhes bacanas.

As listradas eu amo!

E os detalhes como essa ponteira dourada na gola podem fazer toda a diferença entre um visual básico-careta e um visual interessante-estiloso.

A Clarim também tá com uma variedade bem boa de minissaias.

Elas serão até tema de um dos vídeos que fiz para a loja falando sobre a história de algumas peças do nosso guarda roupas (aguardem, está em fase de edição 🙂 )

Essa eu achei liiiinda!

Tem mais…

E para fechar o post, esse vestido de renda com carinha vintage. O modelo, os materiais, essa golinha peter-pan… preciso nem dizer que foi minha peça preferida, né? ♥

Crédito das fotos: Carol Vidal

É isso, gente. Agora vai ter novidades da Clarim de vez em quando aqui nos posts.

E se você  já é cliente, é também é um momento legal para interagir com a marca nos novos canais do Facebook e do Twitter – dizer o que vocês gostam, do que sentem falta, o que acham que deveria mudar/melhorar e o que adoram e querem que continue.

E acompanhem também o site da Clarim http://www.clarimmodas.com.br/

😀

 

 

10
  • Compartilhe  →