Leave-in, ativador de cachos, creme para pentear… Entenda as diferenças

Posted on
produtos cabelo cacheado

Recentemente eu criei um grupo lá no Facebook para ter um contato mais direto com as pessoas que lêem o blog, tirar dúvidas, compartilhar achados legais e conversar mais sobre cabelo e tudo o mais que faz parte da minha vida e – eventualmente – acaba se tornando assunto por aqui.

[ Quem quiser participar do grupo é só entrar aqui]

Aí ontem uma leitora perguntou sobre as diferenças entre produtos usados para finalizar os cabelos. São tantos nomes que ela estava perdida em relação à utilidade e funcionalidade de cada um. Pode parecer uma coisa óbvia para quem usa esse monte de produto desde a infância, mas para quem está entrando no mundo dos cachos hoje, a variedade pode causar confusão mesmo.

E aí tive a ideia de escrever esse post explicando o que são e para que servem alguns produtos que estão nas prateleiras das perfumarias…

finalizador cabelo cacheado
Podemos chamar de finalizador qualquer produto utilizado no final da sua rotina capilar. Ele pode ser um creme, um gel, uma mousse ou spray… Como o próprio nome diz, é o produto que dá o toque final. O que pode causar confusão é que um produto pode ser chamado de várias coisas. Um finalizador pode ser também um ativador de cachos e uma mousse, por exemplo. Mas, resumidamente, finalizador é o produto que você usa para dar o toque final ao look – simples assim!

leavein cachos

Leave-in é uma expressão em inglês para algo que você pode deixar no cabelo, que não precisa de enxágue. Ou seja, leave-in é qualquer produto, com qualquer consistência (creme, mousse, líquido…) que você não enxágua.

creme para pentear cachos

O creme para pentear é a mesma coisa do leave-in só que, como o próprio nome diz, ele é um creme. Um creme sem enxágue, que você usa para finalizar o cabelo. Vi uma matéria recentemente num blog dizendo que o leave-in é mais profissional e mais potente que o creme para pentear, mas isso não faz o mínimo sentido! Existem leave-ins com formulações pobres e outras riquíssimas em componentes legais para o cabelo. Assim como existem bons e maus cremes para pentear. Já deu pra perceber que tudo se mistura e que o creme para pentear é um leave-in e também pode ser um finalizador, né?

ativador de cachos

Esse já é um produto mais específico, pois contém ativos que ajudam na formação dos cachos. É um leave-in turbinado com algum componente específico para o cabelo cacheado. São muitos comuns os ativadores de cachos em gel, pois a consistência ajuda a formar as molinhas. Mas também podemos encontrar ativadores em mousse, creme e até spray.

mousse para cabelos cacheados

Coloquei a mousse aqui no meio porque estava entre as dúvidas da leitora, mas mousse é apenas a consistência do produto e não uma função específica. Existem mousses para todos os tipos de cabelo e algumas têm ativos especiais para ajudar na formação e duração dos cachos. É uma textura que eu gosto MUITO, funciona bem principalmente em cabelos ondulados. Mas é muito difícil que a mousse funcione sozinha. Geralmente, para conseguir um bom efeito, é preciso aliar a mousse a algum creme para pentear mais hidratante. O efeito é maravilhoso! Já falei de um produto assim, que eu amo, muito nesse post.

defrizante termoativado para cachos

Para fechar, tem o defrizante, um produto que não costumo usar mas que é importante se você usa bastante o secador. O defrizante tem a função de evitar o frizz, geralmente é termoativado e usado antes do secador. Você pode e deve usá-lo se for fazer uma escova ou secar o cabelo com difusor. Ele é um produto leve, que não modela nem “segura” o cacho, serve apenas para dar uma amenizada no frizz.

Acho que esses são os principais produtos que encontramos por aí e podem gerar dúvidas. Se você quer saber sobre algum produto que não coloquei na lista é só deixar aí nos comentários que eu atualizo o post! 😉

 

Para acompanhar tudo do blog:
Facebook ♥ Pinterest ♥ Instagram Youtube 

 

1
  • Compartilhe  →

Tudo sobre o meu cabelo cacheado – cuidados, produtos e rotina

Posted on

mycurlyhair routine Volteeeeeei \o/

Depois de um longo hiato de posts, volto com a matéria mais pedida de todos os tempos aqui no blog! É na verdade uma atualização desse post aqui, onde eu falo sobre absolutamente tudo que eu faço no meu cabelo cacheado – às vezes ondulado 😛

No post antigo eu ainda não fazia Low Poo, tinha umas manias estranhas de usar shampoo anti-resíduo de vez em quando (me desculpa,  nossa senhora protetora dos cachos!) e alguns produtos que eu amava saíram de linha. Então senta que lá vem o novo Tratado Gladis Vivane de Manutenção dos Cachos

higienizador sem sulfato para cabelo cacheado no poo

 

A maior mudança que aconteceu na minha rotina foi eliminar os xampús que contém sulfato e passar a usar higienizadors com agentes limpantes menos agressivos. Para entender isso melhor talvez você queira ler esse post aqui sobre as rotinas Low Poo e No Poo.

Outra grande mudança na minha vida é que eu passei a me exercitar diariamente (É TEEEETRAAAAAA #todascomemora). Passei a pratica Hot Yoga todos os dias, que é basicamente repetir poses intensas de yoga dentro de uma sala aquecida. Ou seja, tenho que lavar o cabelo todos os dias. E é aí que entra o produto mais importante da minha rotina – o No Poo da Deva Curl! Vamos falar dele e dos outros xampús agora…

1- Deva Curl No Poo – É um higienizador em creme, que limpa o cabelo e o couro cabeludo, retirando o suor e a sujeira do dia a dia sem agredir os fios e sem retirar a proteção natural da juba. A aparência dele é igual à de um condicionador. No começo você acha estranho estar lavando o cabelo com um creme, mas depois que você vê o resultado é amor para sempre! Ele tem extrato de menta, que dá um geladinho na cabeça e aquela sensação de limpeza gostosa. O aroma é uma delícia e eu uso todos os dias quando saio da yoga. Passo o No Poo, depois o condicionador e em seguida finalizo como de costume.

2- Shampoo Creme Oro Argan – É um xampu bem cremoso, que não tem sulfatos e não faz muita espuma. Foi o primeiro que usei quando comecei a fazer Low Poo. Não uso mais com tanta frequência, mas está no meu banheiro e de vez em quando entra na minha rotina. Mantive na lista porque é uma alternativa boa e barata para quem acha os produtos da Deva caros.

3- Deva Curl Low Poo – Esse aqui já tem mais cara de xampu, apesar de ainda ser bem diferentes dos produtos tradicionais. Ele tem a consistência de um gel e faz um pouco de espuma. Minha rotina é a seguinte: Uso o No Poo todos os dias após a yoga e, a cada 15 dias, uso o Low Poo para fazer uma limpeza mais profunda seguida de uma hidratação. Foi a melhor coisa que já fiz pelos meus cabelos!

4- L ‘Anza Tamanu Cream Shampoo – Toda essa linha da L’Anza é MARAVILHOSA. Esse xampu também não tem sulfato e é o xampu mais hidratante que já vi na vida! Tem propriedades emolientes e limpa sem agredir o cabelo. Ele entra no mesmo lugar que o Low Poo da Deva na minha rotina. Alterno os dois a cada 15 dias, quando faço a hidratação. Não uso sempre esse xampu porque é bem carinho e estou economizando hahaha. Mas quando rica eu for, entornarei litros dele sobre a minha cabeça.

condicionadores cabelo cacheado

Todos os dias depois do No Poo eu uso condicionador. Se eu não tiver ido para a Yoga ou não tiver suado, eu nem preciso limpar o cabelo com o No Poo. Aí eu só faço co-wash, que é basicamente molhar, passar condicionador, desembaraçar e pronto. Para isso eu uso o Yamasterol, aquele creme baratinho velho de guerra. Vamos saber mais sobre esses produtos…

1- Deva Curl One Condition- esse condicionador da Deva é bem gostosinho. Não é suuuuuper hidratante, mas cumpre bem a função de amaciar os fios e é uma delícia desembaraçar o cabelo com ele no banho. Ele também pode ser usado para finalizar, então deixo um tiquinho nos fios, não enxáguo tudo, e misturo o restinho dele com o creme de pentear. O cabelo fica uma delícia!

2- L’Anza Kukui Nut Conditioner – Vocês vão perceber que essa linha da L’Anza é o meu xodó! Esse condicionador eu deixo para usar quando faço hidratação. Aplico depois da máscara, para selar a hidratação nos fios. É absurdo de bom!

3- Yamasterol creme – Está sempre no meu box para aqueles dias em que não vou fazer nada no cabelo. Só molho, uso o yamasterol pra desembaraçar, enxáguo e finalizo. Muitas meninas usam Yamasterol para finalizar e até para hidratação, misturando o creme a outros ativos como óleos vegetais.

creme de pentear cabelo cacheado e ondulado

 

Creme de pentear é um vício na minha vida! Quero testar tudo e comprar qualquer coisa que vejo pela frente. Mas estou procurando parar com isso e elegi 4 leave-ins que continuam na minha penteadeira – os outros foram doados/emprestados para sempre.

1- Deva Curl Styling Cream – Esse creme é perfeito para o meu cabelo! Ao contrário dos outros produtos da Deva, não precisa estar com o cabelo super molhado para aplicar – o que acho super prático. Segura bastante o cacho e me dá ótimos day afters.

2- L’Oreal Spiral Splendour – Um sonho de leave-in! O substituto perfeito para o finado Absolut Repair (que saiu de linha).  Só tem um BIG defeito: é caro bagarai. Uso pouco, em dias de festa rsrs. Tem resenha dele aqui.

3- To de Cacho cachos dos sonhos – Um baratinho que me surpreendeu. A indicação dele é para cabelos ondulados/cacheados. Define bem os cachos,  não pesa nos fios e cumpre o que promete: “cachos dos sonhos”. É super baratinho, comprei por 11 Golpinhos [o real tá out e nao podemos mais falar 11 dilmas 🙁 ]. Só um alerta: Tende a deixar o cabelo com aspecto estranho se você aplica com os fios muito molhados. Úmido é suficiente para deixar a juba bem cacheada.

4- Milagre! da Lola – É o único produto da Lola que prestou no meu cabelo. Acho o custo-benefíco dele ótimo, já que vem num pote de 1L e dura a vida toda. Pode pesar no cabelo ondulado e fino como o meu, mas depois que você acerta a quantidade, é só amor! Tem resenha dele aqui.

finalizadores cachos

 

Quando quero uma maior fixação do cacho, misturo o creme de pentear com algum estilizador em gel ou mousse. Aplico o creme, aplico esse produto para potencializar o efeito cacheado, amasso com as mãos e espero secar. Os meus preferidos para isso são…

1- Deva Curl Ángell– Esse gel da Deva é beeeem polêmico! Muita gente odeia e eu também já odiei e xinguei muito a Deva por ter feito um gel que era pra modelar mas deixou meu cabelo duro. Aí descobri que, na real, eu que não estava sabendo usar. Esse produto tem que ser aplicado com o cabelo MUITO MOLHADO, de preferência ainda no banho, para não molhar a casa toda rs. Você aplica JUNTO com o creme (one condition ou styling cream), amassando e estimulando a formação do cacho. Depois que seca o resultado é INCRíVEL. Hoje em dia eu amo! Mas não uso sempre pois não acho muito prático de aplicar. Deixo para ocasiões em que quero um cacho perfeito <3

2- Mousse Curl reviver – Essa mousse é uma delícia! Segura o cacho por dias, promovendo ótimos day afters. Usei muuuuito quando meu cabelo não tava cacheando por causa daquelas mechas cagadas. Ela não pesa nos fios e é liberada para No e Low Poo. Tem resenha aqui.

3- Super Sculpt – Outro gel que segura o cacho e dá uma super modelada! Ao contrário do gel da Deva, esse não precisa aplicar com o cabelo super molhado. Quando seca os fios ficam bem macios, você só precisa dar uma amassadinha para quebrar o “efeito Maysa”. É um dos meus produtos preferidos e preciso fazer uma resenha mais completa sobre ele.

máscaras de hidratação cabelo cacheado

A cada 15 dias,  como falei antes, faço uma hidratação rapidinha no chuveiro. Para isso tenho duas máscaras que sãoBA-BA-DO. São práticas (deixo 3 minutos no cabelo) e mostram resultado já na primeira aplicação. Uso mais a da L’Anza, mas a da Joico é igualmente incrível. Vamos saber mais detalhes…

1- L’Anza Moi Moi – Essa máscara salvou o meu cabelo! E se você fizer uma pequena busca no Google, vai ver que ela já salvou váaaaarios cabelos por aí. É a minha máscara de hidratação preferida e é daqueles produtos que fazem você ver diferença já na primeira aplicação. É cara, mas é um investimento que vale a pena. Dá medo de comprar um produto assim sem saber se vai funcionar no seu cabelo, mas eu nunca vi alguém não gostar dela.  Tem resenha aqui.

2- Joico Moisture Recovery – Outra máscara incrível! Acho que é ainda mais potente do que a da L’Anza, tanto que pode pesar no cabelo se você usar demais. Por isso acho que prefiro a primeira. Mas quando o cabelo tá quase na UTI ela é um santo remédio!

complementares Ainda tem alguns produtinhos que uso como complemento. Não uso sempre, mas como faz parte da minha rotina eventualmente, eles estão aqui.

1- Condicionador seco Batiste – Esse produto é uma delícia para quem odeia Frizz! Antes do Low Poo eu usava algum óleo finalizador ou silicone para dar uma disfarçada no frizz com o cabelo seco. Mas esses produtos se tornaram proibidos para mim depois da técnica. Aí foi uma delícia descobrir o condicionador seco da Batiste! Ele é um spray que você aplica com o cabelo seco. Some todos os frizz e arrepiados e o cabelo fica instantâneamente com um aspecto super macio. É ótimo para ter na bolsa e dar aquela arrumada nos cachos no fim do dia.

2- Óleo de Coco – Umectação com óleo de coco é vida! Faço uma umectação 1 vez por mês e é um dos melhores tratamentos para o cabelo que já fiz na vida! Fico devendo um post mostrando como uso o oleo de coco. Mas ele é mais potente do que qualquer outro produto que já usei. Sou apaixonada! E é super baratinho, não deixe deter um vidrinho no seu kit de produtos 😉
acessorios para cacbelos cacheados 1- Difusor Deva Fuser – Essa mãozinha mágica é um difusor da Deva especial para cabelos cacheados. Ela tem uma base regulável, que pode ser acoplada em qualquer secador. É maravilhosa para secar a raíz do cabelo e dar um up no volume. Não vende no Brasil, mas comprei quando viajei e foi uma das melhores comprar que já fiz na vida! Vale muito a pena, principalmente para quem tem o cabelo como o meu, cujas pontas secam super rápido e a raiz pass ao dia molhada. Uó! No inverno é impossível viver sem esse difusor. Amo amo amo!

2- Luvas de microfibra – Comprei achando que era frescura e hoje é um dos acessórios que mais uso! Você já deve saber que secar os cachos com a toalha normal aumenta o frizz, né? Então a melhor alternativa é usar toalhas de microfibra. Essas luvas são feitas do mesmo material que a toalha, só que são mais anatômicas. É MUITO legal! Eu amo e não vivo sem. Nem sei como cheguei a achar um dia que era frescura rs.

3- Babyliss fininho – Encontrei um babyliss que tem exatamente o diâmetro do meu cacho. Aí quando quer fazer um penteado com o cabelo cacheado ou quero aqueles cachos “capa de revista”, eu pego alguma mechas, com o cabelo já finalizado e totalmente seco, e vou reforçando o cacho com o babyliss. Aí esses cachos feitos se misturam com os naturais e fica um aspecto lindo. É um truque de festa que eu adoro!

4- Pente de dentes largos – Nenhuma cacheada pode viver sem, a não ser aquelas que usam só os dedos para desembaraçar os fios. Só desembaraço o cabelo quando ele está molhado, com creme e usando um pente de dentes largos.

5- Fronhas de cetim – Melhor truque ever para acordar com cachos perfeitos! A fronha de cetim não amassa os cachinhos, não dá frizz e realmente funciona muito pra mim. Quando durmo com fronha normal, meu cabelo acorda todo amassado. Quando uso fronha de cetim é outra história! Recomendo que você tenha várias e aproveite lindos days afters 😉

♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

 

Pronto, gente! Fechou mais um textão com TUDO que eu uso/faço no cabelo. Quero deixar claro que não uso tudo isso ao mesmo tempo e que nem precisa manter os cachos saudáveis. Basta escolher um higienizador, uma hidratação potente e um creme de pentear. Meu objetivo, à medida em que eu recuperar totalmente os meus cachos e meu cabelo for ficando cada vez mais saudável, é usar cada vez menos produtos 🙂

Tem algumas coisas aí que preciso fazer resenha mais detalhada e o farei em breve. Espero que tenham gostado do post!

Bjocas =*

Para acompanhar tudo do blog:
Facebook ♥ Pinterest ♥ Instagram Youtube ♥ Snapchat: gladisvivane 

5
  • Compartilhe  →

Supercream Creme de Coco para cachos da Deva Curl: Eu juro que tentei!

Posted on

Acabei de postar um vídeo-resenha lá no canal do blog no Youtube e, claro, vim compartilhar aqui com vocês! O produto da vez é o Supercream – Creme de Coco Para Cachos da Deva Curl.

A minha relação com esse creme foi semelhante àquela que todo mundo já teve com um boy super errado: A gente tenta uma vez e é uma bosta, o boy só fala merda, trata mal o garçom, tem posições políticas duvidosas, mas mesmo assim você dá uma segunda chance porque não quer acreditar que aquele boy tão maravilhoso – e sobre o qual todo mundo fala bem – pode ser tão insuportável.

Aí quando você tenta de novo é pior ainda e você finalmente se convence de que aquilo não foi feito pra você.

Pronto, resumidamente foi isso. Eu tentei, mas não rolou. Se quiser saber o porquê, dá play no vídeo aí 😀

Resumão do bagulho: Leva só uma estrela pelo cheiro que é bem gostoso. Usaria como aromatizador de ambiente, bem longe do meu cabelo =P

supercream deva curl

Para acompanhar tudo do blog:
Facebook ♥ Pinterest ♥ Instagram Youtube ♥ Snapchat: gladisvivane 

3
  • Compartilhe  →

Como saber qual é o seu tipo de cacho

Posted on

Quando eu comecei a ler e pesquisar mais sobre os cabelos cacheados, sempre tinha uma coisa que eu não entendia: todo mundo falava sobre tipo de cacho, usando uma classificação que eu desconhecia e que tinha sempre um número e uma letra.

Foi então que eu quis saber o que danado significava um cacho do tipo 3A ou 4C e porque isso era importante.

O sistema de classificação é bem simples: são quatro tipos de cabelo, sendo que o tipo 1 é o fio liso e o 4 é o crespo. Dentro dessa classificação ainda temos as letras A, B e C, sendo que o A é o cacho mais aberto e o C o mais fechado.

E por que isso importa? Bem, isso explica porque coisas que funcionam no cabelo da amiga muitas vezes são um desastre no seu. Se o seu tipo de cacho é um e o dela é outro, provavelmente os cremes, os xampus e a maneira de finalizar os cabelos de vocês devem ser bem diferentes.

Vamos ver com exemplos para ficar mais fácil e saber o que é legal para cada tipo de cabelo?

cabelo-tipo-1

O cabelo do tipo 1 tem o fio liso. O 1A é aquele liso extremo, ralinho, escorrido, que “não segura um grapo”. Não “pega” babyliss, não modela, você arruma e daqui a pouco o penteado “cai”. Quem não tem uma amiga (ou pode ser você mesma)  que não consegue colocar nem tic-tac no cabelo de tão lisinho que é? Bom, esse é o fio tipo 1A e a dica pra ele é não usar nada que tenha óleo mineral, parafina ou produtos que pesem no cabelo. Xampu seco é um ótimo aliado, já que esse tipo de cabelo tende a ser oleoso.

O cabelo 1B é liso, mas já é um pouco mais pesado, o que permite modelar as pontas com escova. É um cabelo “fácil” digamos assim, porque é liso mas permite variações.

O 1C é aquele liso do fio bem grosso.  E, por isso, bem rebelde. Ele arma com facilidade e muitas vezes as meninas se incomodam com o excesso de volume. É um liso que nunca está “arrumadinho”. Sem paciência para lidar com ele, muitas meninas recorrem à escova definitiva. Meu conselho? Fuja dos alisamentos! Faça muita hidratação, use mousse para estimular o ondulado e perca o medo do volume. Cabelo volumoso é lindo!

cabelos-ondulados-tipo-2

O cabelo do tipo 2 é ondulado e pode ou não ser volumoso, dependendo do tipo e da sua genética. O 2A é uma coisa meio Gisele, provavelmente o cabelo mais desejado do mundo. Ele tem ondas marcadas e, quando modelado, fica com uns cachos largos lindos nas pontas. É um cabelo fácil, que só precisa dos cuidados normais para se manter bonito. Ah, e de um bom corte, claro! Aqui, no tipo 2, o corte passa a ser muitíssimo importante para o sucesso do picumã.

O tipo 2B é aquele ondulado que começa a querer formar cachos. Quem tem esse tipo de cabelo geralmente tem uma mistura de 2A e 2B. Quando estimulado, a tendência é que ele fique cada vez mais próximo do cacheado. Para isso você tem que tratá-lo como tal. Não pentear seco, usar leave-in e amassar com ele molhado deixando secar naturalmente. Ou, se quiser dar uma forcinha extra, pode usar o difusor.

O tipo 2C é o meu, que vocês já estão cansadas de ver nas minhas fotos, hehehe. É o da Shaki também, ou pelo menos é o que parece nas fotos antigas dela. Mas a bicha faz tanta miséria no cabelo que não tem muito como saber como é o fio dela natural. Mas o tipo 2C é aquele cabelo que o cacho é um S e não um espiral completo. Vocês podem ver na minha foto, como o cacho não fecha como uma molinha de caderno. Ele é sempre um S. Se eu finalizar com muito capricho, ele pode ficar como um 3A. Se você tem esse tipo de cabelo, MUITO CUIDADO com cremes para cabelo cacheado. Quase todos eles são muito pesados e vão tirar o volume do seu cabelo, ainda mais se ele for fininho como o meu. A minha dica? Teste todos os cremes que aparecer na sua frente, até encontrar o seu preferido. Mas se o seu cabelo é como esse aí, deve ser bem parecido com o meu e você pode ver tudo o que eu uso nesse post antigo do blog.

tipos-de-cachos

E, finalmente, chegamos aos cachinhos \o/

O tipo 3A é o meu sonho de consumo! É o cachinho tipo molinha, bem formadinho, bem redondinho. Geralmente o fio é bem fino e se você quiser um cabelo incrível, tem que perder o medo do volume! Solte o cabelo da raiz na hora de finalizar, use as presilhas para levantar a raíz, balance os cachos depois de secos e ganhe uma juba incrível!

O 3B tem o cacho bem formado, mas um pouco mais apertado que o anterior. Geralmente o fio é mais grosso e o cabelo tende a ficar um pouco armado. É um cabelo que funciona bem com fitagem e cremes um pouco mais densos.

O 3C tem o cacho bem apertadinho e fica super bonito com fitagem. É bom usar produtos super hidratantes e separar os cachinhos delicadamente com os dedos, depois de seco. Asim p cabelo ganha um volume bonito e o rosto fica mais harmônico. Eu acho que é o tipo de cabelo da Rayza Nicácio, que tem vários vídeos no youtube com dicas maravilhosas. Então se o seu cabelo parece com esse, siga a moça já!

crespos-tipo-4

O tipo 4 é o cabelo afro e suas variações.  São fios bem frágeis, pois a oleosidade não consegue percorrer o cabelo por causa da textura. Para crescerem fortes e sem quebra, precisam de muita hidratação. Por isso mesmo, os crespos se dão super bem como low poo e o no poo – que são técnicas para eliminar o uso do xampu (se vocês quiserem eu faço um post sobre isso depois).

O 4A tem o cacho bem pequenininho e super apertado.  Você consegue diferenciar o tipo C dos outros crespos porque ele tem balanço. Quando você mexe a cabeça o cabelo acompanha e os mini cachinhos precisam de super hidratações para se manterem lindos.

O 4B tem as mechas em formato de zigue-zague, bem apertadinhas. Para os cabelos do tipo 4, principalmente B e C, é super importante usar um óleo natural para selar as cutículas depois da hidratação. Procurem no google pelo método LOC, que as americanas amam, e vejam como isso pode dar vida nova aos seus cabelos!

O tipo 4C é o cabelo super crespo, que não forma cachinhos definidos. A falta de definição, antes de ser um problema é um charme! Com o corte certo, esse tipo de cabelo rende um black power maravilhoso, que pode ser maior ou menor dependendo do seu estilo. Eu não sei indicar produtos para cabelo crespo, porque é uma estrutura de fio bem diferente da minha, mas indico demais o blog Beleza Interior, da Maraísa Fidelis, que tem todas as dicas do mundo para cabelos do tipo 4!

E aí, conseguiu identificar o seu tipo de cacho? O post ajudou? Conta aí nos comentários! 😀

 

19
  • Compartilhe  →