Sobre ter crescido numa cidade quente e não saber me vestir no inverno

Posted on
look di dia inverno gladis vivane

Como vocês sabem eu nasci e passei a maior parte da minha vida em Natal, Rio Grande do Norte. Lá as estações são bem definidas: Verão, Calor, Mormaço e Eutonoinferno. Desta forma, nunca precisei me vestir para o frio.

Aí eu cresci, viajei, mudei, morei fora duas vezes – uma delas fora do Brasil – e nunca, mas nunca mesmo, aprendi a me vestir no inverno. Basicamente eu coloco uma roupa por cima da outra até ficar impossível me movimentar. Se eu não tiver que sair de casa, passo o dia de pijama. Ou melhor, dois pijamas. Um por cima do outro.

A pior parte disso é que eu passo o inverno inteiro me sentindo feia, horrorosa, desleixada, toda cagada, desconfortável comigo mesma. Porque meus lindos vestidos rodados e de alcinha não cabem nesta estação gelada. E vestida assim, com esse monte de moletom sobreposto, essa pessoa não sou eu.

Eis que, depois de 4 invernos em São Paulo, tomei vergonha na cara e decidi me vestir decentemente para o frio. Dividi essa tarefa em 4 passos:

1- Comprar um casaco decente. Sempre tenho pena de gastar dinheiro com um casaco bom e acabo trocando 1 peça de qualidade por 4 blusinhas de frio sem futuro que não duram um mês.

2- Comprar blusas internas de boa qualidade, que aqueçam o corpo, sejam gostosas e macias e não fiquem cheias de bolinhas depois da primeira lavagem.

3- Aprender a usar meia calça. Essa é trauma de infância, de quando minha avó me montava toda e me colocava uma meia-calça no calor de natal e aquilo era um martírio – pinicava até a alma e fazia uma calor do cão. Fora isso, é foda encontrar meia-calça que vista bem quem tem coxa grossa 🙁

4- Comprar uma bota. Eu odeio botas na real. Sobrevivi a 3 invernos usando sapatilha e scarpin. Caprichava no aquecimento do corpo inteiro pra tentar sentir menos frio nos pés. Mas nunca era confortável. Agora decidi comprar uma bota básica, salto grosso baixinho, cano médio, pra usar com tudo. Se eu curtir a experiência vou me permitir comprar uma segunda bota, em outra cor e modelo.

Pronto! Eis o resultado do meu primeiro look de inverno:

saia rosa de bolinhas casaco cinza A saia rosa de poá é só pra não perder o costume de ser eu mesma embaixo desse monte de roupa que não parece ser minha 😛
look de inverno preto pink

bolsa pink ado atelie

batom pink E aí, curtiram? Eu ainda me acho muito estranha com roupa de frio, mas me senti muito melhor com um look mais arrumadinho do que com meus antigos moletons 😛

O look é todo da Gregory mas isso não é um look patrocinado! É que eu encontrei um outlet da marca perto de casa onde os casacos têm até 70% de desconto! 🙂 A bolsa é Adô , a meia é a fio 150 da Lupo e os óculos Urban Outfitters. O batom é o Fuchsia da linha Matte Coloro da Lorac Pro.

 

Para acompanhar tudo do blog:
Facebook ♥ Pinterest ♥ Instagram Youtube ♥ Snapchat: gladisvivane 

0
  • Compartilhe  →

Vamos conversar sobre transição capilar ao vivo?

Posted on
transicao capilar

A gente conversa muito sobre cabelo natural e transição capilar aqui no blog, no Facebook, no Instagram, no Youtube… Procuro sempre responder os comentários e adoro quando vocês compartilham suas histórias comigo. Não é fácil passar pela transição e quando a gente faz isso juntas fica muito menos doloroso 🙂

transicao capilar

E se você está em São Paulo, a gente pode bater um papo ao vivo sobre isso na próxima quinta-feira! Vamos lá?

Eu estarei no Atelier Georgia Halal, no dia 07/07, às 19h, junto com as maravilhosas Nanda Cury e  Karoline Gomes, para falar sobre Transição Capilar e empoderamento 

Tem um evento no Facebook para quem quiser participar e chamar as amigas – é só clicar aqui. E pra se inscrever é bem fácil, basta se cadastrar aqui.

É gratuito, mas as vagas são limitadas porque o espaço não é muito grande. Ah! E é super fácil de chegar lá! Fica na Rua dos Pinheiros, 339, beeeeeem pertinho da estação de metrô Fradique Coutinho (linha amarela).

Vamos? 😀

Para acompanhar tudo do blog:
Facebook ♥ Pinterest ♥ Instagram Youtube ♥ Snapchat: gladisvivane 

0
  • Compartilhe  →

Meu curso de costura no Rainhas da Costura e como isso mudou a minha vida

Posted on

O leitor que chega até este blog com certeza não vem atrás de conselhos, mas eu queria muito aconselhar vocês hoje. O que eu tenho pra dizer é uma besteira e você até já deve pensar nisso de vez em quando, mas lá vai: QUANDO VOCÊ QUISER FAZER UMA COISA, PARE DE ADIAR VÁ LÁ E FAÇA! Não tem tempo? Arranje! Não tem dinheiro? Tire da feira, mas faça! Não tem o que você quer aí perto de onde você mora? Então esse lugar onde você vive não é pra você 😛 Enfim, pare de encontrar desculpas que a coisa vai!

E tudo isso só pra dizer que, depois de dezesseis (eu ou vi DEZESSEIS ? Siiiiim!) anos querendo aprender a costurar eu finalmente comecei a fazer um curso de corte e costura! (Clique aqui para a trilha sonora desse post)

Moda e costura sempre foram coisas muito presente na minha vida. Se você quiser saber mais sobre isso, pode ler esse texto aqui que escrevi sobre a minha avó. Mas foi só lá pelos 20 anos de idade que comecei a achar que eu também podia costurar e me veio uma vontade imensa de desvendar os mistérios da máquina de costura – que eu antes só admirava de longe.

curso de costura hobby Aí você me pergunta porque eu demorei tanto tempo a colocar isso em prática. Bom, o tempo é uma coisa muito louca. Você não acha que vai adiar uma ação por 16 anos. Você simplesmente deixa pra semana que vem, que vira o mês que vem, que vira o ano que vem e… aqui estamos. É triste, mas as nossas vontades são engolidas todos os dias pela nossa rotina.

Porém, é um alento pensar que tudo tem seu tempo e sua hora e que o meu momento de desvendar o mundo da costura é o AGORA (fazendo a Polyanna 😛 ). E vamos deixar de conversa mole e falar do curso, porque esse post é de utilidade pública para quem está em São Paulo e quer aprender a costurar!

curso de costura iniciante em São Paulo Fiz o curso de costura para iniciantes na escola Rainhas da Costura, que fica no bairro de Pinheiros, em São Paulo. Eu acompanhava a escola de longe, desde que vi um post no Superziper mil anos atrás. Como tudo estava conspirando a favor, quando liguei pra pedir informações descobri que a escola é do lado da minha casa. Aí eu entendi como um sinal da deusa que dizia “agora vai!” ♥

O curso tem duração de dois meses, com aulas 1 vez por semana. Lá você aprende desde a coisa mais básica – eu nunca tinha nem passado a linha na agulha – até conceitos que te permitem criar as suas primeiras peças. 

aprenda a costurar em sao paulo costurando no rainhas da costura A primeira aula é só sobre o funcionamento da máquina. E já na segunda aula a gente faz o nosso primeiro projeto. E assim, a cada aula a gente sai com uma peça prontinha – inteiramente feita por você! Eu fiz cestinho, necessaire, almofada, jogo americano, carteira de tecido e até uma calça! Se vocês quiserem ver fotos das minhas pecinhas tem tudo lá no meu Instagram (@saltoagulhablog)

costuras gladis vivane Durante dois meses as minhas terças-feiras foram preenchidas com aulas de costura – e isso foi a melhor coisa que me aconteceu nos últimos tempos! Colocar em prática uma meta antiga me fez sentir viva, realizada, dona do meu destino (olha que dramático! rs). Mas é a pura verdade! Parece que quando eu tirei isso da minha longa lista de “To Do”, tudo passou a dar certo e fazer sentido.

Minha turma era uma delícia! Só gente legal e a interação fluiu super bem. No final do curso uma das meninas levou umas lembrancinhas lindas pra todo mundo ♥  Adoro gente que se importa e é gentil com os outros além da conta! curso no Rainhas da Costura aprendendo a costurar em sao paulo Essa é a Eliane, a dona da escola e também professora do curso. Ela foi super atenciosa e teve a maior paciência com a gente! Principalmente comigo, a pessoa mais dispersa e sem noção nenhuma de costura que já deve ter passado por lá kkkkkk 😛

Eliane Tear Rainhas da Costura E essa sou eu com a calça que eu tinha acabado de costurar 😀
aprender a costurar em São Paulo Agora que terminei o curso iniciante, estou louca para começar o intermediário! Aí serão mais 3 meses de aulas, com peças mais difíceis e técnicas novas.

Se você também tem essa vontadezinha de aprender a costurar, você pode acompanhar o Instagram do Rainhas (@rainhasdacostura) e a página deles no Face para ficar de olho nas dicas de costura e na agenda de cursos. Peguei a agenda de junho lá no site para quem quiser começar já. É só mandar email para contato@rainhasdacostura.com e garantir a sua vaga!

agenda de cursos de costura rainhas da costura É indescritível a alegra de criar uma peça com as suas próprias mãos! E não vejo a hora de usar looks que eu mesma costurei – quem sabe até costurar umas saias mídias pra vender aqui no blog hahahahaa 

curso de costura em pinheiros E aí, tem alguma costureira por aqui pra me dar umas dicas? Se apresente nos comentários e vamos conversar e costurar! 🙂

 

Para acompanhar tudo do blog:
Facebook ♥ Pinterest ♥ Instagram Youtube ♥ Snapchat: gladisvivane 

6
  • Compartilhe  →

Com inspiração no passado e atitute moderna, a Velha Guarda Dândis é a marca que você vai amar conhecer!

Posted on

Vocês sabem que eu amo tudo que é retrô e tenho aquele sentimento constante de “nasci na época errada”, né?

Foi num desses eventos de coisas vintage e retrô que um stand de gravatas borboleta me chamou atenção. Cheguei perto, vi as estampas, o acabamento, o estilo dos meninos – tudo lindo. A marca era a Velha Guarda Dândis – ou VG Dândis para os íntimos rs.  Amei, postei uma foto no meu Instagram e, dias depois, o Gerson, um dos criadores da VG, estava aqui em casa com um pacotinho de gravatas lindíssimas para me presentear.

gravatas borboleta Velha Guarda Dândis

O que ia ser uma visita rápida acabou virando uma longa tarde de conversa. O cara é uma simpatia! Super apaixonado pelo estilo retrô, ele começou a fazer as gravatas para usar no dia a dia, já que nunca encontrava modelos legais para comprar. Ele tem um trabalho bem tradicional, que não tem nada a ver com o universo da moda (ele conta no vídeo, assistam que está super engraçado!). Isso contrasta com o visual dele – sempre super colorido e impecavelmente elegante. Tanto que meu namorado me fez trocar de roupa para tirar essa foto, já que eu estava muito desarrumada perto do Gerson 😛

gladis vivane estilo retrô vg dandis O trabalho dos meninos é muito especial e muito verdadeiro. Eles vivem mesmo esse lifestyle com inspiração nos clássicos do passado e amam passar isso para as pessoas. Começaram um negócio do zero, sem estrutura, sem grana, mas com muita garra e muita paixão pelo que fazem.

IMG_3623

As gravatas são lindas! Feitas à mão, um trabalho bem artesanal e as estampas são incríveis. E não é só pros meninos não! Eu amo usar as minhas com camisas estampadas, camisa jeans ou usar como tiara. Fica um lacinho lindo na juba, bem retrô ♥

gravata borboleta bolinhas

IMG_3633 Sempre quis fazer matérias aqui pro blog mostrando novas marcas, que tenham produtos super interessantes e uma história bacana. Tenho procurado consumir menos fast fashion e comprar de pessoas que fazem trabalhos assim, bem slow fashion.

Se os seus olhinhos brilharam com esse post, aperte o play pra conhecer o Gerson e saber um pouco mais dessa história…

PS: Por enquanto a VG Dândis vende através da página deles no Facebook e pelo Instagram (@v.g._dandis). Você manda uma mensagem, faz seu pedido e eles entregam. Em breve a loja deles estará online e aí terá mais um canal para fazer os pedidos.

E se você gostou desse post e tem uma marca bacana pra me apresentar, deixa aqui nos comentários! Estou ansiosa para contar histórias novas 🙂

 

Para acompanhar tudo do blog:
Facebook ♥ Pinterest ♥ Instagram Youtube ♥ Snapchat: gladisvivane 

0
  • Compartilhe  →

Tudo sobre o meu cabelo cacheado – cuidados, produtos e rotina

Posted on

mycurlyhair routine Volteeeeeei \o/

Depois de um longo hiato de posts, volto com a matéria mais pedida de todos os tempos aqui no blog! É na verdade uma atualização desse post aqui, onde eu falo sobre absolutamente tudo que eu faço no meu cabelo cacheado – às vezes ondulado 😛

No post antigo eu ainda não fazia Low Poo, tinha umas manias estranhas de usar shampoo anti-resíduo de vez em quando (me desculpa,  nossa senhora protetora dos cachos!) e alguns produtos que eu amava saíram de linha. Então senta que lá vem o novo Tratado Gladis Vivane de Manutenção dos Cachos

higienizador sem sulfato para cabelo cacheado no poo

 

A maior mudança que aconteceu na minha rotina foi eliminar os xampús que contém sulfato e passar a usar higienizadors com agentes limpantes menos agressivos. Para entender isso melhor talvez você queira ler esse post aqui sobre as rotinas Low Poo e No Poo.

Outra grande mudança na minha vida é que eu passei a me exercitar diariamente (É TEEEETRAAAAAA #todascomemora). Passei a pratica Hot Yoga todos os dias, que é basicamente repetir poses intensas de yoga dentro de uma sala aquecida. Ou seja, tenho que lavar o cabelo todos os dias. E é aí que entra o produto mais importante da minha rotina – o No Poo da Deva Curl! Vamos falar dele e dos outros xampús agora…

1- Deva Curl No Poo – É um higienizador em creme, que limpa o cabelo e o couro cabeludo, retirando o suor e a sujeira do dia a dia sem agredir os fios e sem retirar a proteção natural da juba. A aparência dele é igual à de um condicionador. No começo você acha estranho estar lavando o cabelo com um creme, mas depois que você vê o resultado é amor para sempre! Ele tem extrato de menta, que dá um geladinho na cabeça e aquela sensação de limpeza gostosa. O aroma é uma delícia e eu uso todos os dias quando saio da yoga. Passo o No Poo, depois o condicionador e em seguida finalizo como de costume.

2- Shampoo Creme Oro Argan – É um xampu bem cremoso, que não tem sulfatos e não faz muita espuma. Foi o primeiro que usei quando comecei a fazer Low Poo. Não uso mais com tanta frequência, mas está no meu banheiro e de vez em quando entra na minha rotina. Mantive na lista porque é uma alternativa boa e barata para quem acha os produtos da Deva caros.

3- Deva Curl Low Poo – Esse aqui já tem mais cara de xampu, apesar de ainda ser bem diferentes dos produtos tradicionais. Ele tem a consistência de um gel e faz um pouco de espuma. Minha rotina é a seguinte: Uso o No Poo todos os dias após a yoga e, a cada 15 dias, uso o Low Poo para fazer uma limpeza mais profunda seguida de uma hidratação. Foi a melhor coisa que já fiz pelos meus cabelos!

4- L ‘Anza Tamanu Cream Shampoo – Toda essa linha da L’Anza é MARAVILHOSA. Esse xampu também não tem sulfato e é o xampu mais hidratante que já vi na vida! Tem propriedades emolientes e limpa sem agredir o cabelo. Ele entra no mesmo lugar que o Low Poo da Deva na minha rotina. Alterno os dois a cada 15 dias, quando faço a hidratação. Não uso sempre esse xampu porque é bem carinho e estou economizando hahaha. Mas quando rica eu for, entornarei litros dele sobre a minha cabeça.

condicionadores cabelo cacheado

Todos os dias depois do No Poo eu uso condicionador. Se eu não tiver ido para a Yoga ou não tiver suado, eu nem preciso limpar o cabelo com o No Poo. Aí eu só faço co-wash, que é basicamente molhar, passar condicionador, desembaraçar e pronto. Para isso eu uso o Yamasterol, aquele creme baratinho velho de guerra. Vamos saber mais sobre esses produtos…

1- Deva Curl One Condition- esse condicionador da Deva é bem gostosinho. Não é suuuuuper hidratante, mas cumpre bem a função de amaciar os fios e é uma delícia desembaraçar o cabelo com ele no banho. Ele também pode ser usado para finalizar, então deixo um tiquinho nos fios, não enxáguo tudo, e misturo o restinho dele com o creme de pentear. O cabelo fica uma delícia!

2- L’Anza Kukui Nut Conditioner – Vocês vão perceber que essa linha da L’Anza é o meu xodó! Esse condicionador eu deixo para usar quando faço hidratação. Aplico depois da máscara, para selar a hidratação nos fios. É absurdo de bom!

3- Yamasterol creme – Está sempre no meu box para aqueles dias em que não vou fazer nada no cabelo. Só molho, uso o yamasterol pra desembaraçar, enxáguo e finalizo. Muitas meninas usam Yamasterol para finalizar e até para hidratação, misturando o creme a outros ativos como óleos vegetais.

creme de pentear cabelo cacheado e ondulado

 

Creme de pentear é um vício na minha vida! Quero testar tudo e comprar qualquer coisa que vejo pela frente. Mas estou procurando parar com isso e elegi 4 leave-ins que continuam na minha penteadeira – os outros foram doados/emprestados para sempre.

1- Deva Curl Styling Cream – Esse creme é perfeito para o meu cabelo! Ao contrário dos outros produtos da Deva, não precisa estar com o cabelo super molhado para aplicar – o que acho super prático. Segura bastante o cacho e me dá ótimos day afters.

2- L’Oreal Spiral Splendour – Um sonho de leave-in! O substituto perfeito para o finado Absolut Repair (que saiu de linha).  Só tem um BIG defeito: é caro bagarai. Uso pouco, em dias de festa rsrs. Tem resenha dele aqui.

3- To de Cacho cachos dos sonhos – Um baratinho que me surpreendeu. A indicação dele é para cabelos ondulados/cacheados. Define bem os cachos,  não pesa nos fios e cumpre o que promete: “cachos dos sonhos”. É super baratinho, comprei por 11 Golpinhos [o real tá out e nao podemos mais falar 11 dilmas 🙁 ]. Só um alerta: Tende a deixar o cabelo com aspecto estranho se você aplica com os fios muito molhados. Úmido é suficiente para deixar a juba bem cacheada.

4- Milagre! da Lola – É o único produto da Lola que prestou no meu cabelo. Acho o custo-benefíco dele ótimo, já que vem num pote de 1L e dura a vida toda. Pode pesar no cabelo ondulado e fino como o meu, mas depois que você acerta a quantidade, é só amor! Tem resenha dele aqui.

finalizadores cachos

 

Quando quero uma maior fixação do cacho, misturo o creme de pentear com algum estilizador em gel ou mousse. Aplico o creme, aplico esse produto para potencializar o efeito cacheado, amasso com as mãos e espero secar. Os meus preferidos para isso são…

1- Deva Curl Ángell– Esse gel da Deva é beeeem polêmico! Muita gente odeia e eu também já odiei e xinguei muito a Deva por ter feito um gel que era pra modelar mas deixou meu cabelo duro. Aí descobri que, na real, eu que não estava sabendo usar. Esse produto tem que ser aplicado com o cabelo MUITO MOLHADO, de preferência ainda no banho, para não molhar a casa toda rs. Você aplica JUNTO com o creme (one condition ou styling cream), amassando e estimulando a formação do cacho. Depois que seca o resultado é INCRíVEL. Hoje em dia eu amo! Mas não uso sempre pois não acho muito prático de aplicar. Deixo para ocasiões em que quero um cacho perfeito <3

2- Mousse Curl reviver – Essa mousse é uma delícia! Segura o cacho por dias, promovendo ótimos day afters. Usei muuuuito quando meu cabelo não tava cacheando por causa daquelas mechas cagadas. Ela não pesa nos fios e é liberada para No e Low Poo. Tem resenha aqui.

3- Super Sculpt – Outro gel que segura o cacho e dá uma super modelada! Ao contrário do gel da Deva, esse não precisa aplicar com o cabelo super molhado. Quando seca os fios ficam bem macios, você só precisa dar uma amassadinha para quebrar o “efeito Maysa”. É um dos meus produtos preferidos e preciso fazer uma resenha mais completa sobre ele.

máscaras de hidratação cabelo cacheado

A cada 15 dias,  como falei antes, faço uma hidratação rapidinha no chuveiro. Para isso tenho duas máscaras que sãoBA-BA-DO. São práticas (deixo 3 minutos no cabelo) e mostram resultado já na primeira aplicação. Uso mais a da L’Anza, mas a da Joico é igualmente incrível. Vamos saber mais detalhes…

1- L’Anza Moi Moi – Essa máscara salvou o meu cabelo! E se você fizer uma pequena busca no Google, vai ver que ela já salvou váaaaarios cabelos por aí. É a minha máscara de hidratação preferida e é daqueles produtos que fazem você ver diferença já na primeira aplicação. É cara, mas é um investimento que vale a pena. Dá medo de comprar um produto assim sem saber se vai funcionar no seu cabelo, mas eu nunca vi alguém não gostar dela.  Tem resenha aqui.

2- Joico Moisture Recovery – Outra máscara incrível! Acho que é ainda mais potente do que a da L’Anza, tanto que pode pesar no cabelo se você usar demais. Por isso acho que prefiro a primeira. Mas quando o cabelo tá quase na UTI ela é um santo remédio!

complementares Ainda tem alguns produtinhos que uso como complemento. Não uso sempre, mas como faz parte da minha rotina eventualmente, eles estão aqui.

1- Condicionador seco Batiste – Esse produto é uma delícia para quem odeia Frizz! Antes do Low Poo eu usava algum óleo finalizador ou silicone para dar uma disfarçada no frizz com o cabelo seco. Mas esses produtos se tornaram proibidos para mim depois da técnica. Aí foi uma delícia descobrir o condicionador seco da Batiste! Ele é um spray que você aplica com o cabelo seco. Some todos os frizz e arrepiados e o cabelo fica instantâneamente com um aspecto super macio. É ótimo para ter na bolsa e dar aquela arrumada nos cachos no fim do dia.

2- Óleo de Coco – Umectação com óleo de coco é vida! Faço uma umectação 1 vez por mês e é um dos melhores tratamentos para o cabelo que já fiz na vida! Fico devendo um post mostrando como uso o oleo de coco. Mas ele é mais potente do que qualquer outro produto que já usei. Sou apaixonada! E é super baratinho, não deixe deter um vidrinho no seu kit de produtos 😉
acessorios para cacbelos cacheados 1- Difusor Deva Fuser – Essa mãozinha mágica é um difusor da Deva especial para cabelos cacheados. Ela tem uma base regulável, que pode ser acoplada em qualquer secador. É maravilhosa para secar a raíz do cabelo e dar um up no volume. Não vende no Brasil, mas comprei quando viajei e foi uma das melhores comprar que já fiz na vida! Vale muito a pena, principalmente para quem tem o cabelo como o meu, cujas pontas secam super rápido e a raiz pass ao dia molhada. Uó! No inverno é impossível viver sem esse difusor. Amo amo amo!

2- Luvas de microfibra – Comprei achando que era frescura e hoje é um dos acessórios que mais uso! Você já deve saber que secar os cachos com a toalha normal aumenta o frizz, né? Então a melhor alternativa é usar toalhas de microfibra. Essas luvas são feitas do mesmo material que a toalha, só que são mais anatômicas. É MUITO legal! Eu amo e não vivo sem. Nem sei como cheguei a achar um dia que era frescura rs.

3- Babyliss fininho – Encontrei um babyliss que tem exatamente o diâmetro do meu cacho. Aí quando quer fazer um penteado com o cabelo cacheado ou quero aqueles cachos “capa de revista”, eu pego alguma mechas, com o cabelo já finalizado e totalmente seco, e vou reforçando o cacho com o babyliss. Aí esses cachos feitos se misturam com os naturais e fica um aspecto lindo. É um truque de festa que eu adoro!

4- Pente de dentes largos – Nenhuma cacheada pode viver sem, a não ser aquelas que usam só os dedos para desembaraçar os fios. Só desembaraço o cabelo quando ele está molhado, com creme e usando um pente de dentes largos.

5- Fronhas de cetim – Melhor truque ever para acordar com cachos perfeitos! A fronha de cetim não amassa os cachinhos, não dá frizz e realmente funciona muito pra mim. Quando durmo com fronha normal, meu cabelo acorda todo amassado. Quando uso fronha de cetim é outra história! Recomendo que você tenha várias e aproveite lindos days afters 😉

♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

 

Pronto, gente! Fechou mais um textão com TUDO que eu uso/faço no cabelo. Quero deixar claro que não uso tudo isso ao mesmo tempo e que nem precisa manter os cachos saudáveis. Basta escolher um higienizador, uma hidratação potente e um creme de pentear. Meu objetivo, à medida em que eu recuperar totalmente os meus cachos e meu cabelo for ficando cada vez mais saudável, é usar cada vez menos produtos 🙂

Tem algumas coisas aí que preciso fazer resenha mais detalhada e o farei em breve. Espero que tenham gostado do post!

Bjocas =*

Para acompanhar tudo do blog:
Facebook ♥ Pinterest ♥ Instagram Youtube ♥ Snapchat: gladisvivane 

4
  • Compartilhe  →