5 marcas independentes que eu conheci e me apaixonei através do Instagram

Posted on
marcas independentes

As mídias sociais são canais incríveis de divulgação para quem sabe contar histórias e encantar pessoas. Eu amo descobrir coisas novas – tanto que curadoria de conteúdo é o foco principal do meu trabalho de marketing digital [Se você quiser saber mais sobre o que eu faço profissionalmente, dá uma bisbilhotada aqui no site da minha empresa 🙂 ].

Foi rolando meu feed do Instagram que conheci quase todas as marcas das quais virei cliente nos últimos dois anos. E quase todos os dias descubro uma marca nova, uma ideia empreendedora, um artista independente que com trabalho incrível… Sempre penso “meu deus, tenho que escrever sobre essa marca maravilhosa”, mas aí a rotina me engole e eu acabo esquecendo. Massss, não em 2017!

Esse ano eu estou bombando com as listas de organização e conseguindo ser bem mais produtiva! Vocês devem ter notado que tá rolando post com muito mais frequência e o canal do Salto Agulha no Youtube está cheio de vídeos novos 😉

E, nesse clima, eu estou anotando todas as coisas legais que tenho visto para, ao fim da semana, preparar posts com tudo que me inspirou. Então vamos lá conhecer 6 marcas que eu conheci através do Instagram e viraram minhas preferidas?

Tout Joalheria Do ano passado pra cá tenho me pego fazendo escolhas bem minimalistas. Os acessórios da Tout Joalheria Artesanal apareceram no meu feed e foi amor à primeira vista. Ainda não comprei nada, mas tenho várias coisas na minha lista de desejos! A marca é pernambucana e tem uma loja online que envia suas peças para o Brasil todo. Na contramão do fast fashion, a Tout acredita em uma produção artesanal, pensada nos mínimos detalhes, com uma estética atemporal, simples e ao mesmo tempo sofisticada.

A designer e criadora da marca, Sthefany Passos, é jornalista de formação e criou a Tout para dar vida ao seu lado criativo e empreendedor. Aí já rolou aquela super identificação da jornalista aqui que abandonou as redações para empreender também e fiquei ainda mais apaixonada pela marca.

Os preços são muito honestos, o Instagram tem um feed lindo e inspirador e a marca transparece ser daquelas que se preocupa em manter a essência muito mais do que só vender acessórios. Vale a pena acompanhar!

♥ Site: www.lojadatout.com.br
♥ Facebook: Facebook.com/toutjoalheriaartesanal
♥ Instagram: Instagram.com/instadatout

amanda mol A primeira vez que vi o trabalho da ilustradora Amanda Mol, lembro de ter me sentindo abraçada por aqueles desenhos lindos! Foi no insta de uma amiga, que compartilhou um dos seus caderninhos. Como louca por papelaria que eu sou, passei a seguir a moça e me encantar cada vez mais com o trabalho dela. Aí ela passou a diversificar os produtos que oferece, até começar a fazer essas meditadoras lindas que eu estou paquerando para o meu cantinho da yoga aqui em casa ♥ 

O caderno de croquis também é um mimo – e eu vi na semana em que comecei a aprender a costurar! Aí eu fico pensando como é que ela pode acertar tanto e criar coisas tão dentro do meu timming hahahaha

A Amanda vende online e também faz oficinas maravilhosas de ilustração e jardinagem. Acompanhar o Instagram dela é ter uma diária de inspiração e leveza – tudo que a gente quer para deixar o nosso dia a dia mais gostoso, né?

♥ Site: www.amandamol.com.br
♥ Facebook: Facebook.com/mol.amanda
♥ Instagram: Instagram.com/molamanda

gioconda clothing Quando li em algum post do Instagram da Gioconda Clothing que eles faziam roupas para quem adora ficar em casa, pensei: “Minha deusa, fizeram uma marca pensando em mim!” 😀 A primeira coisa que eu amei foram as calcinhas de algodão em estampas lindas, florais delicadinhos, e aquela carinha de roupa que você veste e nunca mais quer tirar.

Eles fazem kimonos, shortinhos, blusas soltinhas, tudo leve, delicado, uma vibe de roupa deboísta que eu AMO. E tem esse manifesto que é a coisa mais linda que você vai ler hoje nesse mundão da internet.

É uma marca que tem como base conceitos que são muito importantes pra mim hoje, como feminismo, slow fashion e liberdade. E faz tudo isso de maneira leve e inspiradora. Sou apaixonada pela Gioconda e tenho certeza que vocês vão amar também!

♥ Site: www.giocondaclothing.com.br
♥ Facebook: Facebook.com/giocondaclothing
♥ Instagram: Instagram.com/giocondaclothing

Studio MR Jobim Eu tinha dois sonhos na vida: Aprender a costurar e aprender a desenhar/ilustrar. Do primeiro eu já estou cuidando, mas o segundo ainda está no campo das ideias e não sei se vou ter destreza para colocar em prática rs.

Mas, se desenhista eu fosse, eu queria ter exatamente esse traço da Maria Ruth do Studio MR Jobim 🙂 As ilustrações são lindíssimas, com uma pegada forte de moda, e rendem itens irresistíveis – como as capinhas de celular e caderninhos tipo moleskine (tudo à venda no site dela). Um perigo para um colecionadora de cadernos e bloquinhos como eu!

♥ Site: www.studiomrjobim.com
♥ Facebook: Facebook.com/studiomrjobim
♥ Instagram: Instagram.com/studiomrjobim

carolina ancasy Cês sabem que eu amo um look retrô, né? E que é bem difícil encontrar marcas com essa pegada, mas que se preocupem também com modelagem e acabamento. Na minha opinião, a maioria das marcas “retrô” fazem fantasia de época de má qualidade.

Bom, esse definitivamente não e o caso da Carolina Ancasy! A marca é um afago no coração de quem gosta dessa estética com inspiração antiguinha e uma pegada romântica e delicada. O feed deles é cheio de fotos da produção e do dia a dia da marca, sempre compartilhadas com muita leveza e poesia. Os tons pastel e os tecidos delicados fazem parte de quase todas as peças e é difícil escolher as preferidas – tudo é lindo! Mas os vestidos com gola peter pan são meus objetos de desejo do momento.

Se você lê este humilde blog é possível que divida comigo esse amor pelo retrô, então tenho certeza que você também vai se apaixonar pela Carolina Ancasy!

♥ Site: www.carolinaancasy.com.br
♥ Facebook: Facebook.com/carolinaancasy
♥ Instagram: Instagram.com/carolinaancasy

 

Todas as marcas que indiquei aqui vendem online e você comprar de qualquer lugar do Brasil. Espero que gostem e se tiverem mais indicações de marcas independentes – e incríveis! – deixa nos comentários pra eu conhecer também? 🙂

 

Para acompanhar tudo do blog:
Facebook ♥ Pinterest ♥ Instagram Youtube 

 

 

2
  • Compartilhe  →

Vídeo – Aprenda a fazer uma tiara de Frida Kahlo para o carnaval

Posted on
look frida kahlo

Carnaval tá chegando e nóis tá como? Dooooida pra se montar e colocar cílios postiços \o/

Minha relação com o carnaval é um paradoxo gigante: Adoro me arrumar, tenho preguiça de sair na rua. Geralmente gasto todas as minhas forças fazendo o look e a maquiagem e, ao final de tudo, estou cansada demais para ir pro bloco 😛

Maaaaas esse ano me animei para montar umas tiaras legais e mostrar o passo a passo pra vocês. Hoje tem um #DIY da tiara Frida Kahlo e na semana que vem tem mais um (não vou falar o que é pra não estragar a surpresa!)

Clica no play e depois se joga pra fazer a sua tiara! 😉

 

Para acompanhar tudo do blog:
Facebook ♥ Pinterest ♥ Instagram Youtube 

 

1
  • Compartilhe  →

Vídeo – O Big Chop da minha irmã depois de 1 ano de Transição Capilar

Posted on
big chop

Ai como eu estava ansiosa para postar esse vídeo!

No final do ano passado, quando eu estive em Natal, aproveitei para gravar o Big Chop da minha irmã. Ela estava há 1 ano em transição capilar e fizemos o corte lá no Nalva Melo Café Salão. Quem já passou pela transição sabe como é um período tenso, cheio de dificuldades, incertezas e muita ansiedade. Não é fácil conviver com as texturas diferentes no cabelo e o momento do corte é sempre muito libertador.

Eu nunca alisei o cabelo com química. Teve uma época em que eu fazia escova e chapinha praticamente todos os dias, ao ponto de algumas pessoas não saberem que meu cabelo era cacheado. Mas como nunca fiz química, quando aposentei o secador e chapinha os cachos ainda estavam lá. Já a minha irmã alisava o cabelo desde os 13 anos, então transição foi beeeeem mais difícil para ela.

Espero que esse vídeo inspire você que está passando por isso ou está criando coragem para largar a química. Por mais que demore um pouco, a sensação de liberdade e de fazer as pazes com seu cabelo é maravilhosa! ♥ 

Clica no play ali em cima e depois me conta o que achou do vídeo? 😀

 

 

Para acompanhar tudo do blog:
Facebook ♥ Pinterest ♥ Instagram Youtube 

2
  • Compartilhe  →

Ano novo, blog novo – Meu clichê anual preferido!

Posted on

Por mais que eu ame pagar de diferentona e não repetir padrões, tem alguns clichês que me pegam de jeito e deles não consigo fugir! Essa vibe de “mudanças de começo de ano, novo ciclo, nova fase, vamos recomeçar, fazer tudo novo, arrasar e – dessa vez – cumprir todas metas” é uma coisa que sempre me contagia. Aproveito essa empolgação para produzir bastante – mesmo que o rendimento caia um pouco no mês seguinte 😛

E dessa empolgação de começo de ano junto com o momento introspectivo pelo qual estou passando, nasceu um layout novo! 

Eu estava cansada da cara antiga do blog, muito cor de rosa e poluída. Queria algo mais clean, limpinho, simples, direto, sem muita frescura. Aí nada como ter um namorado designer e um amigo/vizinho programador nessas horas, né? (thanx, Xuxu e Jonatas!!!) No fim de semana passado mudamos o layout do blog e dei uma arrumada na fonte do “moda além do óbvio” (que eu estava achando difícil de ler e estava me incomodando).

Agora está mais claro, mais simples e eu amei a carinha nova dele! As categorias continuam as mesmas mas devem mudar um pouco nos próximos dias. No mais, o conteúdo aqui é o de sempre: cabelo cacheado, decoração fácil e baratinha para a #casadopinterest, moda retrô, ladylike e mais um monte de besteirinhas que eu amo dividir com vocês ♥ 

E pra não perder a viagem, aqui vão algumas metas para este lindo 2017. Vou jogar aqui pra vocês acompanharem e me ajudarem a não esquecer delas!

♥ Fazer mais cursos de costura, aprender peças novas e costurar minhas próprias roupas;

♥ Colocar a loja do blog online!

♥ Evoluir na yoga e nunca mais abandonar a prática que mudou a minha vida!

♥ Começar uma hortinha de temperos;

♥ Voltar a estudar (ainda não sei o que, mas quero!);

♥ Meditar todos os dias;

♥ Ler pelo menos 3 livros no primeiro semestre;

♥ Terminar de decorar nosso ap;

♥ Ter mais tempo pra brincar com Totoka

♥ Cozinhar em casa, aprender novas receitas e comer melhor;

♥ Conseguir não me sobrecarregar de trabalho

É isso! Se eu conseguir cumprir pelo menos um pouquinho de cada meta já estarei super realizada 🙂

Para acompanhar tudo do blog:
Facebook ♥ Pinterest ♥ Instagram Youtube 

 

0
  • Compartilhe  →

O que me faz blogar? Um texto sobre motivação, mudanças e outras viagens

Posted on

Eu tenho esse bloguito há quase uma década. Na real são 8 anos, mas QUASE UMA DÉCADA é uma expressão tão poderosa! 😀 Nesse tempo todo eu alternei bastante a frequência de postagens. Tive períodos super motivada, outros nem tanto. Cheguei a ficar meses sem postar, mas nunca considerei a possibilidade de parar. Esse post da Lis me levou a pensar um bocado sobre o Salto Agulha.

O blog faz parte da minha vida de uma maneira muito natural. Mesmo quando não estou num período de super inspiração e postagens frequentes, ele continua ali pronto para receber um conteúdo bacana assim que eu descobrir alguma coisa incrível e tiver aquela vontade louca de compartilhar com vocês.

Acho que o fato de nunca ter transformado o blog no meu trabalho fixo me deu essa flexibilidade de manter exatamente a linha editorial que eu tinha quando fiz o primeiro post. E apesar de não ser O trabalho, o blog me trouxe MUITO trabalho! Ele sempre foi o meu cartão de visitas e o lugar onde meus empregadores (e hoje meus clientes) me viram primeiro. Viram meu texto, minhas ideias, meu posicionamento diante de algumas situações e muito da minha personalidade. Com esse portfólio real que é o blog eu consegui muitos trabalhos e clientes para os quais eu passei a produzir conteúdo até abrir a minha própria empresa de comunicação. Não é demais? <3 Eu adoro a forma despretensiosa como as coisas acontecem na minha vida!

Durante muito tempo eu achei que tinha sorte e as coisas vinham até mim. Só depois de ler uma postagem da Alê Garattoni no Facebook eu percebi que as coisas vinham até mim porque desde sempre eu estava mostrando pro mundo o tipo de texto que eu gostaria de escrever como jornalista. Escrevi muito de graça antes de começar a ganhar pra isso, escrevi no blog, lancei uma revista, me ofereci para contribuir com deus e o mundo e assinar matérias que me interessavam. E assim eu construí minha (ainda pequena) carreira.

Esse ano foi um ano muito contraditório. Começou com mais clientes aparecendo e ao mesmo tempo que eu queria que minha empresa crescesse eu não estava dando conta. Me sentira sobrecarregada e sem criatividade para criar conteúdo legal. Fui levando. Fique mais cansada. De certa forma acho que pedi incoscientemente ao universo para desacelerar. Aí tudo começou a ficar mais lento. Os clientes começaram a ficar mais escassos e eu comecei a ficar preocupada com grana e me cobrar muito. A gente tem aquela ideia na cabeça de que só nos é permitido crescer em números, nunca regredir – o que é uma grande besteira!

Aí veio a yoga e eu comecei a me interessar por coisas que eu nunca achei que ia gostar na vida! Quis fazer a minha própria comida, acordar mais cedo, meditar, ter uma atitude diferente no meu dia a dia… Em algum momento eu achei que estava me tornando outra pessoa, mas eu estava apenas ouvindo a mim mesma e descobrindo quem eu era!

Durante todos esses últimos 33 anos eu não me ouvi. Eu liguei o piloto automático e segui o flow. 2016 foi o ano em que eu conversei comigo mesma “Minha filha, porque você está fazendo isso assim? Como você gostaria de estar? Miga, porque você come isso? Porque veste isso? Onde você gostaria de estar hoje?” E assim segue meu diálogo interior rs

Essas conversas resultaram em algumas mudanças e algumas descobertas. Uma delas – e é por isso que estou escrevendo esse post – é uma descoberta com gosto de “eu já sabia”. O blog é muuuuuito importante pra mim!♥ Desde o tempo em que eu trabalha numa redação de jornal que não tinha nada a ver comigo, era o blog que me alimentava de energia criativa para conseguir viver e trabalhar bem.

Nesse período que passei sem postar, ou postando raramente, eu nunca esqueci do blog – e ao fim do dia eu sempre terminava minha lista de tarefas com um gostinho de “o dia foi mara, mas teria sido melhor se eu tivesse postado alguma coisa no blog“.

Então eu posso dizer que eu crio aqui no blog para ter gás para criar em outras áreas da minha vida. Não por acaso, os períodos em que postei com maior frequência foram os períodos de maior riqueza criativa em outros segmentos. Quanto mais eu posto, mais ideias eu tenho no trabalho, mais desenrolada eu sou no dia a dia, mais facilmente eu consigo solucionar problemas cotidianos e parece que tudo flui melhor.

É isso que me motiva. Esse textão todinho é só pra dizer que é maravilhoso ter vocês me lendo! É surreal ver nos comentários pessoas que estão por aqui desde 2009!  E que sorte a minha ter vocês por aqui! Não sei quem vai ter coragem de ler essa letra de Faroste Caboclo, mas para quem chegou até o final [ou para quem leu o começo e veio lero o último parágrafo só pra saber o desfecho #quennunk? ] meu MUITO OBRIGADA!

Vocês são incríveis e ter um blog é muito amô ♥ 

 

Para acompanhar tudo do blog:
Facebook ♥ Pinterest ♥ Instagram Youtube ♥ Snapchat: gladisvivane 

3
  • Compartilhe  →